YouTube teve 100 bilhões de horas assistidas de vídeos sobre games em 2020

Em entrevista à EXAME, Ryan Wyatt, diretor do YouTube, conta como criar um canal de games de sucesso

Ryan Wyatt, diretor de gaming no YouTube, trabalha com games há mais de uma década. Na empresa desde 2014, Wyatt acompanha de perto as principais tendências de jogos e como os criadores de conteúdo têm feito vídeos gravados e também ao vivo. Em 2020, a reprodução de vídeos de games no YouTube chegou a 100 bilhões de horas, o dobro do que foi registrado em 2018. A empresa também teve 40 milhões de canais de games ativos na plataforma neste ano, entre os quais mais de 80.000 tiveram mais de 100.000 inscritos, 1.000 tiveram mais de 5 milhões de inscritos e 300 atingiram o marco de 10 milhões de inscritos. Em entrevista exclusiva à EXAME, Wyatt conta o segredo de criar um canal de sucesso sobre games e fala sobre o futuro da rentabilização de vídeos no YouTube. Confira abaixo.

O que explica o sucesso do Minecraft no YouTube?

As pessoas por trás do jogo são fenomenais. Elas ouvem a comunidade e atendem a seus pedidos. Minecraft é um jogo de mundo aberto que é divertido para pessoas de qualquer idade. É um jogo muito aberto à imaginação. O YouTube cresceu globalmente e o Minecraft se tornou popular em todas as regiões. Isso é um atributo único do jogo. Em geral, os games são muito importantes para o YouTube. Para ao vivo, os jogos são um pilar-chave. Você pode ver todo tipo de conteúdo no YouTube, mas os gamers têm sido muito importantes para as lives. 

O que leva um jogo a ser popular no YouTube?

Não há uma fórmula mágica. Há uma relação entre jogadores e espectadores. Mas jogos diferentes são importantes em diferentes regiões, e o YouTube tem presença internacional. Em geral, jogos de mundo aberto e batalha real são muito populares. São tendências. Mas nem sempre isso é a receita do sucesso. 

Qual é a importância do mercado brasileiro para o YouTube atualmente?

O Brasil é um de nossos maiores mercados globalmente. Os criadores brasileiros estão entre os maiores do mundo. Vemos muitas tendências novas surgindo no país, há uma diversidade nos games e vemos organizações de nível global nascendo no Brasil. Os criadores brasileiros são muito progressistas.

Como acontece a rentabilização de vídeos de jogos no YouTube?

Não lançamos nenhuma novidade nessa área em 2020, mas há um valor indireto, que permite o comércio de produtos. No longo prazo, esperamos permitir que criadores vendam produtos dentro do YouTube, sejam produtos físicos ou digitais. Queremos que as pessoas continuem a crescer no YouTube. O gamer que transmite vídeos online é um empreendedor. As ferramentas de rentabilização disponíveis hoje são anúncios, comunidades de membros e chats com comentários pagos. 

Qual é a fórmula do sucesso para ter um canal de games no YouTube? 

Consistência. É importante ser consistente na entrega do conteúdo em horários fixos. As pessoas saberão quando voltar para assistir ao seu canal. No começo, acredito que você deva fazer o que gosta, porque o dinheiro não vem logo de cara. Não é preciso ter um estúdio profissional em casa para começar. A democratização da criação de conteúdo é algo que é importante para nós. As pessoas podem fazer streaming de PlayStation, Stadia ou StreamLabs, por exemplo.

No Brasil, vale a pena traduzir seu canal para inglês ou gravar apenas vídeos em inglês?

Vale, se você tiver tempo. Mas a comunidade brasileira é muito grande. Se você fizer conteúdo em inglês, seu tempo para criar em português ficará limitado. Não é necessário traduzir vídeos para o inglês, mas pode ser um complemento importante para que seu canal tenha um alcance ainda maior. 

Games mais populares no YouTube em 2020

Veja, a seguir, quais foram os canais de games de maior sucesso no YouTube em 2020.

Jogos mais assistidos em  2020 (globalmente):

Os cinco jogos mais assistidos ao vivo em 2020:

  • Minecraft
  • Garena Free Fire
  • Fortnite
  • Grand Theft Auto V
  • PUBG Mobile

Criadores de games com mais visualizações em 2020 

  • FGTeeV (EUA)
  • Jelly (Holanda)
  • Flamingo (EUA)
  • Robin Hood Gamer (Brasil)
  • ItsFunnneh (Canadá)
  • LazarBeam (Austrália)
  • Slogo (Reino Unido)
  • Mikecrack (Espanha)
  • Arab Games Network (BH)
  • Karim Juega (México)
  • Vegetta777 (Espanha)
  • Aphmau (EUA)
  • SSundee (EUA)

Criadores que transmitiram ao vivo com maior número de visualizações (sem ordem particular)

  • Nobru (Brasil)
  • MortaL (Índia)
  • Dynamo Gaming (Índia)
  • Sc0ut (Índia)
  • Vegetta777 (Espanha)
  • TheDonato (Venezuela)
  • Total Gaming (Índia)
  • Gyan Gaming (Índia)
  • LazarBeam (Austrália)
  • Soul Regaltos (Índia)
  • MrStiven Tc (Colômbia)

Alguns dos maiores ao vivo e estreias do ano:

  • PlayStation 5 event (Junho)
  • PlayStation 5 event (Setembro)
  • Xbox Games Showcase
  • Fortnite Travis Scott in-game concert
  • Fortnite “The Device”
  • Esports events
    • CDL Championship
    • OWL
    • LoL Worlds
    • Mobile Legends Bang Bang (Outubro)
    • lck korea 
    • lol esports 
    • NFA Free Fire 
    • free fire brazil (July) 
    • Garena Free Fire Brazil (Janeiro) 
    • Arena of valor 
  • Ubisoft Forward (Julho)
  • Minecraft Live (Outubro)

Vídeos gravados mais assistidos de 2020:

Vídeos gravados com mais curtidas em 2020:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também