WWDC: novos MacBooks são anunciados com chip M2 e iPad ganha funções de desktop

O destaque é para o notebook de entrada da Apple, MacBook Air, que agora tem um design atualizado e configurações herdadas da linha mais cara
 (WWDC/Apple/Reprodução)
(WWDC/Apple/Reprodução)
A
André Lopes

Publicado em 06/06/2022 às 16:32.

Última atualização em 09/06/2022 às 15:48.

A Apple anunciou nesta segunda-feira, 6, o iOS 16, o chip M2 e novos notebooks com o processador: o MacBook Air e o MacBook Pro de 13 polegadas. As novidades foram apresentadas durante a WWDC, conferência mundial para desenvolvedores da Apple.

O evento é o momento do ano em que a Apple anuncia as principais mudanças nos produtos da empresa e as novas funções nos sistemas operacionais de smartphones, tablets e computadores.

O iPad também ganhou novos recursos de software, principalmente, focados em produtividade e em funções que assemelham a linha com a plataforma MacOs.

    MacBook Air requintado

    O MacBook Air com M2 agora tem um notch na tela onde abriga uma câmera de 1080p, com isso o visor ganha um pequeno aumento, para 13,6 polegadas.

    A tela liquid Retina passa a ter 500 nits de brilho, 24% mais que antes, e oferece suporte a 1 bilhão de cores.

    No corpo, o MacBook Air se apresenta mais quadrado, sem a curvatura que acompanhava o modelo anterior. Ele tem 11 mm de espessura e pesa a partir de 1,22 kg.

    O notebook vem em quatro cores: prata, dourado, cinza e preto.

    (WWDC/Apple/Reprodução)

    O dispositivo também passa a ter o MagSafe, que usa um ímã para grudar o cabo ao notebook, antes esse recurso estava presente só na versão Pro.

    Nos EUA, o novo MacBook Air chega em julho, com preço sugerido de US$ 1.199.

    No Brasil, o novo MacBook Air com M2 custa R$ 13.299, na configuração com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

    MacBook Pro 13" ganha força com o M2

    Com a mesma aparência da versão anterior,  o MacBook Pro 13″ concentra as mudanças no hardware.

    O chip M2, com CPU de 8 núcleo, deve entregar 40% mais velocidade na hora de processar tarefas de renderizaçao.

    Com relação à bateria, a promessa é de 20 horas de duração reproduzindo vídeo. (WWDC/Apple/Reprodução)

    Nos EUA, o MacBook Pro de 13 polegadas com M2 custa a partir de US$ 1.299. No Brasil, por R$ 14.499.

    iPad com cara de MacBook

    Já no sistema operacional dos iPads, a Apple parece querer unificar as plataforma com o MacOs. Assim, está, finalmente, trazendo suporte adequado para monitores externos, bem como o recurso Stage Manager.

    O Stage Manager permite o uso de janelas no iPad, assim como em um computador de mesa com Windows. Quando combinado com um monitor externo, o Stage Manager permite que os usuários do iPad executem até oito aplicativos ao mesmo tempo. Uma experiência que deve trazer o iPad de vez para o uso profissional.