Tecnologia
Acompanhe:

Vídeo do Google mostra como seu e-mail viaja pela web

Em alguns segundos, as mensagens são criptografadas, duplicadas em backups e escaneadas para eliminar vírus

Segundo o Google, os datacenters da empresa utilizam 50% menos energia do que um datacenter comum consumiria para realizar a mesma tarefa (opacity/Flickr)

Segundo o Google, os datacenters da empresa utilizam 50% menos energia do que um datacenter comum consumiria para realizar a mesma tarefa (opacity/Flickr)

V
Vinicius Aguiari

15 de maio de 2012, 11h57

São Paulo - O Google publicou nesta terça-feira um vídeo explicando como funciona a troca de e-mails por meio de seu serviço Gmail.

De acordo com o vídeo, após o usuário fazer o envio das mensagens, elas são enviadas para os servidores do Google, onde são criptografadas, duplicadas em backups e escaneadas para eliminar vírus.

O que mais interessante é que esse processo todo toma apenas alguns segundos.

Segundo o Google, os datacenters da empresa utilizam 50% menos energia do que um datacenter comum consumiria para realizar a mesma tarefa.

Além disso, eles são alimentados com energia gerada em fazendas de energia eólica, o que garantiu ao Google certificados de eficácia energética e práticas verdes.

E aí, o que vocês acharam? O Gmail é melhor do que os seus concorrentes?