Tecnologia
Acompanhe:

Tribunal holandês proíbe venda de PlayStation 3; Sony recorrerá

As autoridades da Holanda notificaram a Sony e decidiram por retenção temporária dos produtos da multinacional japonesa nesta sexta-feira

Nova versão é o console com a maior capacidade de armazenamento do mercado (Divulgação/Sony)

Nova versão é o console com a maior capacidade de armazenamento do mercado (Divulgação/Sony)

D
Da Redação

Publicado em 16 de maio de 2011, 16h08.

Amsterdã/Tóquio - A Sony afirmou que vai recolher seus videogames Playstation 3 de lojas holandesas em obediência a uma ordem judicial resultante por um processo da LG Electronics pela disputa de uma patente.

As autoridades da Holanda notificaram a Sony no final de fevereiro de que uma inspeção seria feita nos produtos da marca importados para o país. O caso resultou na retenção temporária dos produtos da multinacional japonesa nesta sexta-feira.

A Sony acrescentou que a ordem judicial preliminar tem relação com uma petição feita pela LG, alegando que a empresa japonesa pode estar infringindo patentes da sul-coreana relacionadas à tecnologia do Blu-Ray.

A LG afirmou que não irá comentar sobre assuntos judiciais pendentes.

A Sony afirmou que discorda das acusações da LG e que vai entrar com recurso junto aos tribunais holandeses.

De acordo com notícias da mídia desta semana, milhares de videogames foram recolhidos na Holanda devido a um bloqueio nas vendas ordenado pela Justiça holandesa.

A batalha entre as empresas começou quando ambas não renovaram um acordo que expirou há três anos para dividir a posse da tecnologia, afirmou uma pessoa familiarizada com o assunto.

Desde então, as duas empresas processam uma a outra por violação de patente.