Tecnologia
Acompanhe:

Samsung pode lançar novo Galaxy mais cedo para capturar mercado da Huawei

Samsung está se preparando para lançar o Galaxy S21 já no final de janeiro do próximo ano, disseram as fontes

Samsung: empresa sul-coreana tinha perdido a liderança de mercado para Huawei no segundo trimestre, mas recuperou a posição graças às restrições dos EUA contra a companhia chinesa (Kim Hong-Ji/Reuters)

Samsung: empresa sul-coreana tinha perdido a liderança de mercado para Huawei no segundo trimestre, mas recuperou a posição graças às restrições dos EUA contra a companhia chinesa (Kim Hong-Ji/Reuters)

R
Reuters

Publicado em 9 de novembro de 2020, 12h09.

A Samsung Electronics pode lançar os smartphones Galaxy S mais de um mês antes do esperado em uma tentativa de capturar participação de mercado da Huawei e evitar a concorrência da Apple, disseram três fontes familiarizadas com o assunto.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

A Huawei Technologies já desafiou a posição de liderança da Samsung no mercado global de smartphones, mas a chinesa está em modo de sobrevivência com as restrições impostas pelos Estados Unidos sufocando fornecimento de chips usados em smartphones e equipamentos de telecomunicações.

A Samsung está se preparando para lançar o Galaxy S21 já no final de janeiro do próximo ano, disseram as fontes. Neste ano, a empresa lançou os modelos topo de linha em março. A Samsung Electronics não quis comentar.

A empresa sul-coreana vendeu 59% menos dispositivos da série Galaxy S20 5G nos Estados Unidos no segundo trimestre em comparação com o desempenho do modelo anterior um ano antes, de acordo com a empresa de pesquisa Canalys. Em contraste, a Apple teve vendas 15% maiores do iPhone 11 do que o modelo do ano passado.

A Samsung, que perdeu a liderança de mercado para a Huawei no segundo trimestre, recuperou a posição no terceiro graças em parte às restrições dos EUA contra a companhia chinesa.