A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Rede de restaurantes japonesa produzirá arroz em Fukushima

Yoshinoya diz que cultivará arroz e verduras em Fukushima para apoiar esta cidade vítima de um tsunami e de um acidente nuclear

Tóquio - A rede de restaurantes japonesa Yoshinoya, especializada em pratos de arroz com carne, anunciou nesta terça-feira que cultivará arroz e verduras em Fukushima para apoiar esta cidade vítima de um tsunami e de um acidente nuclear.

Desafiando o medo da radioatividade, a Yoshinoya criou a exploração agrícola "Yoshinoya Farm Fukushima", na região de Shirakawa, a 80 km da central danificada pelo terremoto e tsunami de março de 2011.

Esta rede de restaurantes de fast-food, frequentada sobretudo por homens, disse ter considerado por um tempo produzir seus próprios ingredientes para garantir o abastecimento da matéria-prima, a gestão dos custos e a segurança de seus clientes.

"Ao receber o apoio da cidade de Fukushima, pudemos nos associar a agricultores locais para criar esta exploração", explicou o grupo Yoshinoya Holdings em um comunicado.

A cidade de Fukushima havia sido tradicionalmente uma importante região agrícola do Japão, mas após o desastre nuclear provocado pelo tsunami de 11 de março de 2011 atualmente conta com a maior proporção de terras em pousio.

A Yoshinoya prevê explorar até 13 hectares até 2017-2018 (começando com 4,3 hectares) para produzir, além de arroz, quase todos os ingredientes necessários para seu principal prato, o "gyudon" (uma tigela de arroz coberta com carne bovina), como cebolas, repolho e alho poró.

Também construirá uma usina para processar os alimentos utilizados nos restaurantes da rede Yoshinoya de todo o país.

"É claro, vamos controlar a radioatividade dos produtos e só utilizaremos aqueles cujo nível for inferior ao limite legal fixado pelas autoridades", disse à AFP Yasunori Yoshimura, um porta-voz da Yoshinoya.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também