Tecnologia
Acompanhe:

Quanto deve custar o smartphone da Tesla?

Preço do hipotético Model Pi pode ser calculado com base nos dispositivos premium disponíveis atualmente

Concepção artísticas do Model Pi: smartphone da Tesla pode ser apenas um boato (Arte/Reprodução)

Concepção artísticas do Model Pi: smartphone da Tesla pode ser apenas um boato (Arte/Reprodução)

D
Da redação

31 de agosto de 2022, 19h17

É apenas um rumor: Elon Musk, por meio da Tesla, planeja lançar um smartphone. Com o nome de Model Pi, ele pode surgir em meados de abril de 2023.

Ainda que seja uma especulação, os entusiastas dos negócios de Elon Musk aguardam ansiosos pela novidade justamente porque o bilionário nunca negou a existência do projeto.

Pelo contrário, Musk já chegou a tuitar sobre smartphones, dizendo que os modelos atuais são “a tecnologia de ontem”. Sinal de que ele teria uma inovação em mãos?

As apostas dizem que o aparelho estará mais para um dispositivo de luxo. Com série limitada e pompa para ser um item reservado a colecionadores.

Veja também: Quando será lançado o Model Pi, da Tesla?

As especificações, além dos recursos de hardware mais avançados na indústria, teriam integração de tecnologias relacionadas às empresas de Musk.

Assim, o carregamento da bateria através de painéis solares instalados no dispositivo, integração com os carros da empresa, permitindo um maior controle sobre as configurações e recursos do automóvel, entram na lista.

Assistente pessoal com inteligência artificial proprietária da marca também são possibilidades. Há ainda quem acredite que smartphone usará o serviço Starlink, fornecido pela SpaceX, também de propriedade de Elon Musk.

Mas para levar tudo isso, é necessário o consumidor preparar o bolso. Com as funções esperadas para o Tesla Model Pi, o modelo poderia custar entre US$ 1000 e U$ 1.200, faixa de preço na qual a Apple deve trabalhar as vendas do iPhone 14.