Positivo lança celulares de olho na classe C

O lançamento de três modelos com sistema operacional Android é a grande aposta da empresa para deslanchar no mundo da mobilidade

São Paulo – A Positivo Informática acaba de estrear no mercado de celulares, ampliando a linha de aparelhos Ypi, que até então contava apenas com tablets.

O lançamento de três modelos com sistema operacional Android, entre smartphones e devices com menos recursos, é a grande aposta da empresa para deslanchar no mundo da mobilidade, sobretudo neste Natal. “Viemos para ser um player importante neste mercado. Não queremos ter uma participação marginal”, comenta Hélio Rotenberg, presidente da companhia.

A ideia, segundo Rotenberg, é ganhar mercado entre os consumidores de devices sem marca, a maioria trazidos da China. Para isto, ele aposta na força no nome Positivo entre a classe C e no prestígio que a empresa ganhou com a venda de computadores e conteúdo educacional. “Inicialmente, vamos distribuir os produtos nas principais lojas de varejo, mas já temos negociação com operadoras”.

Segundo o presidente da Positivo, a intenção da empresa é ter estes dispositivos à venda também no mercado argentino no próximo ano. Os tablets da linha Ypi têm sido vendidos no país vizinho há duas semanas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.