Para Air France, relatório sobre voo 447 é 'unilateral'

Para a companhia, o documento usado na investigação judicial francesa faz 'uma apresentação truncada'

A Air France informou nesta quinta-feira, 15 que considera "unilateral" o relatório que culpou o fator humano pela queda do voo 447, em maio de 2009. O acidente deixou 228 mortos.

Para a companhia, o documento usado na investigação judicial francesa faz "uma apresentação truncada", o que "compromete o direito de defesa da Air France". A empresa aérea vai entrar com recurso de anulação do relatório. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.