O iPhone mais caro da história vem aí: saiba quais atualizações vão elevar o preço do aparelho

Novos componentes para a câmera de selfie, por exemplo, devem custar três vezes mais que os da versão anterior
Ilustração mostra a previsão de design do novo iPhone: o recorrente entalhe na tela sai de cena (Foto/Reprodução)
Ilustração mostra a previsão de design do novo iPhone: o recorrente entalhe na tela sai de cena (Foto/Reprodução)
A
André Lopes

Publicado em 04/07/2022 às 15:28.

Última atualização em 04/07/2022 às 20:34.

A medida que o lançamento oficial do iPhone 14 se aproxima, mais informações e rumores aparecem sobre o novo aparelho. Com previsão de ser apresentado em setembro, pelo menos, já é esperado que o novo smartphone seja mais caro que a versão anterior.

O iPhone 14 Pro deve aparecer custando US$ 1.099. Para comparação, a versão anterior, o iPhone 13 Pro, foi lançado no ano passado com preço sugerido de US$ 999.

Já o iPhone 14 Pro Max, de 1TB de armazenamento, sairá por US$ 1.199, ante os US$ 1.099 do iPhone 13 Pro Max. Se o preço se confirmar, será o iPhone mais caro já lançado pela Apple.

Agora, sobre o que está elevando o preço do aparelho, além das intempéries econômicas por quais o mundo todo passa, a versão 14 do aparelho terá alguns componentes que custam mais que os das versões anteriores.

Segundo o analista de mercado Ming-Chi Kuo, entre os componentes mais caros, um deles é a lente de foco fixo padrão da câmera selfie, que no upgrade ganhará um componente de foco automático de ponta e que, por consequência, custa "quase três vezes mais” em comparação com as versões anteriores.

Além disso, a nova câmera exigirá hardware adicional enquanto a própria lente sofrerá uma atualização da atual de cinco elementos (5P) do iPhone 13 para um design de seis elementos (6P).

Kuo indicou a Genius Electronic Optical como fornecedora da nova lente 6P, que custará cerca de 20% mais do que a versão 5P atual. De acordo com Kuo, o fornecimento completo deve ser o seguinte:

  • Sensor de imagem CMOS – Sony
  • Lente: Genius Electronic Optical e Largan Precision Co.
  • VCM: Alpes Alpine e Luxshare ICT
  • Módulo de câmera de celular: LG Innotek e Cowell

 

Outros rumores sobre as especificações dos iPhones 14 dão conta de que eles serão os primeiros somente com eSIM. A Apple também venderá modelos com opção de até 2 TB de armazenamento.

A empresa da maçã também adotará o display OLED e câmera frontal do tipo "punch hole + pílula", em que a câmera ficará localizada no punch hole e o FaceID em um furo com formato de pílula na tela, abandonando o notch de vez.

No coração do aparelho, o processador A16 Bionic, enquanto os modelos inferiores terão o A15 Bionic. A nova série de iPhones deve contar com 6 GB de RAM em todos os smartphones.

Quando será lançado o novo iPhone?

Setembro é, por tradição, o mês de lançamento das novas linhas dos iPhones.

Tirando o iPhone 12, que foi apresentado em outubro por causa da pandemia de covid-19, os aparelhos são apresentados ao público em setembro e chegam às lojas em novembro.