Nvidia compra ARM na 2ª maior aquisição do mercado de tecnologia

A empresa americana irá pagar 40 bilhões de dólares pela ARM, que responsável pela CPU da maioria dos smartphones do mundo

A companhia de placas gráficas e inteligência artificial Nvidia anunciou a intenção de compra da ARM Holdings, que pertence ao japonês SoftBank, por 40 bilhões de dólares. Se confirmado, o acordo será um dos maiores do mercado de tecnologia, atrás apenas da compra da EMC pela Dell por 67 bilhões de dólares.

A ARM é a fabricante das CPUs utilizadas na grande maioria dos celulares à venda mundialmente hoje em dia. Em 2016, ela foi vendida ao SoftBank por 32 bilhões de dólares.

O valor do novo acordo inclui 1,5 bilhão de dólares em equity para compensação dos atuais 6.000 funcionários da ARM. O dinheiro obtido pela venda para a Nvidia pode ajudar o SoftBank a aliviar as perdas recentes que o grupo japonês reportou recentemente.

A venda inclui todos os produtos da ARM, exceto pela divisão de Internet das Coisas, que a empresa tem tentado impulsionar nos últimos anos para se tornar menos dependente do negócio de chips para celulares.

O acordo ainda precisa ser aprovado por entidades regulatórias nos Estados Unidos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.