• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Novo recurso do WhatsApp permite baixar fotos excluídas

Apagou uma foto sem querer? Agora você pode baixá-la novamente no aplicativo para smartphones Android
 (Site Exame/Lucas Agrela)
(Site Exame/Lucas Agrela)
Por Lucas AgrelaPublicado em 16/04/2018 11:14 | Última atualização em 16/04/2018 11:22Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo – Um novo recurso do WhatsApp permite que você baixe novamente as fotos ou vídeos que você excluiu do seu smartphone. A novidade está disponível no aplicativo para celulares com sistema Android.

De acordo com o site WABetaInfo, que testa versões preliminares do app, todo tipo de anexo enviado pelos seus contatos pode agora ser baixado mais de uma vez: mensagens de voz, gifs animados, documentos e mídias.

A novidade, entretanto, traz uma mudança importante na forma como o WhatsApp lida com as mensagens enviadas pelos usuários. Se podemos baixá-las mais de uma vez, significa que os dados ficam armazenados nos servidores da empresa.

Em todos os processos judiciais em que o WhatsApp foi acionado para cooperar com a Justiça brasileira fornecendo informações de conversas, a companhia informou que não armazenava dados de usuários, dizendo que eles apenas passavam por seus servidores enquanto não chegavam aos seus devidos destinatários. Por não colaborar com as investigações, o aplicativo chegou a ser bloqueado no país repetidas vezes.

Em testes de EXAME, foi possível fazer o download de imagens apagadas que foram enviadas no aplicativo em julho de 2017. Vale notar que o novo recurso não funciona se você tiver apagado a mensagem no WhatsApp que continha o anexo desejado.

Ainda não se sabe se o recurso será oferecido aos usuários de iPhones, por conta da diferença na gestão de dados em relação ao sistema Android.

Veja Também

Apps de cripto lideram em engajamento na América Latina
Future of Money
Há uma semana • 2 min de leitura

Apps de cripto lideram em engajamento na América Latina