Por que cada pessoa ri de um jeito? A ciência explica.

Você já percebeu que cada pessoa tem sua própria forma de sorrir? O fenômeno chamou a atenção de cientistas, que chegaram a algumas conclusões sobre o tema

	Sorriso: segundo cientista, ele pode revelar agressividade e outros aspectos do comportamento
 (Divulgação)
Sorriso: segundo cientista, ele pode revelar agressividade e outros aspectos do comportamento (Divulgação)
Por Saulo Pereira GuimarãesPublicado em 29/12/2014 13:56 | Última atualização em 29/12/2014 13:56Tempo de Leitura: 17 min de leitura

São Paulo - Você já percebeu que cada pessoa tem sua própria forma de sorrir? Esse fenômeno chamou a atenção de cientistas, que chegaram a conclusões interessantes sobre o tema.

Judi James é uma das pesquisadoras que se dedica a entender a ciência por trás do riso. Segundo ela, a forma como sorrimos diz muito sobre a nossa personalidade e permite identificar características do comportamento - como a extroversão ou a agressividade.

Além disso, Judi defende que mudanças em diferentes áreas da nossa vida podem transformar nosso jeito de sorrir.

"Se a sua vida se torna difícil por alguma razão, você pode se esforçar mais para tentar mascarar uma depressão ou uma insatisfação por meio de sua risada", explicou a cientista em entrevista ao site Mashable.

Para a pesquisadora, todas as pessoas têm mais de um jeito de sorrir. Segundo Judi, eles seriam usados para diferentes finalidades e circunstâncias.

Fatores como a idade e a presença de outras pessoas também influenciam na forma como sorrimos. De acordo com Judi, rimos mais alto em grupo do que quando estamos sozinhos, por exemplo.

Ainda assim, alguns cientistas conseguiram encontrar semelhanças na maneira como sorrimos. Um deles foi Robert Provine, professor de psicologia da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos.

"A maioria das risadas têm uma explosão curta e harmônica de cerca de 0,07 segundo de duração, que se repete a cada 0,2 segundo. É difícil rir de qualquer outra forma", explicou o pesquisador ao Mashable.