Google cai, mas ainda faz 89% das buscas no Brasil

O Google mantém seu posto de líder disparado em buscas na internet brasileira, mas continua perdendo participação no mercado para o Bing, da Microsoft
Se forem somadas as buscas dos brasileiros nos sites Google.com, Google.com.br e Google.pt, a participação da empresa passa de 90% (Justin Sullivan / Getty Images)
Se forem somadas as buscas dos brasileiros nos sites Google.com, Google.com.br e Google.pt, a participação da empresa passa de 90% (Justin Sullivan / Getty Images)
Por Maurício GregoPublicado em 12/06/2011 06:36 | Última atualização em 12/06/2011 06:36Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo — O Google Brasil foi responsável por 89% das buscas na web brasileira no trimestre encerrado no dia 28 de maio. Esse número não deixa dúvidas de que a empresa mantém firme seu quase monopólio das buscas. Mas, em comparação com o mesmo período do ano passado, ela perdeu 5,3% de participação. E quem ganhou foi o Bing, da Microsoft.

Os dados são do mais recente levantamento do serviço Hitwise, da Serasa Experian, divulgado nesta semana. Eles indicam que o Bing cresceu 269% nos últimos 12 meses. Saiu de 1,5% das buscas, um ano atrás, para 5,6%, no trimestre de março a maio deste ano.

Mas o total correspondente ao Google pode ficar ainda maior se forem somadas as buscas feitas por brasileiros no site americano Google.com (2,4%), o terceiro entre os mais populares; e no Google Portugal (1,2%), o quarto colocado. Outros buscadores, como Yahoo!, Ask.com e UOL têm menos de 1% de participação cada um.

O Google perde para os rivais na taxa de sucesso – a porcentagem de buscas que termina com o usuário indo, de fato, para uma das páginas listadas. Nesse item, o campeão é o Bing, com 84,1%. O UOL obteve respeitáveis 83,5% e o Yahoo! Brasil atingiu 80,5%. O Google Brasil tem apenas 70,7% de sucesso nas buscas segundo o Hitwise.