Celulares de DDD 11 ganham nono dígito no dia 29

Inclusão do nono dígito foi uma decisão da Anatel para ampliar o número de combinações possíveis nos telefones móveis e fixos
Quem usa smartphones, pode usar aplicativos como o SP 9, no caso do iPhone, ou 9d , para Android, para incluir automaticamente o nono dígito em sua agenda de celular (Kevork Djansezian / Getty Images)
Quem usa smartphones, pode usar aplicativos como o SP 9, no caso do iPhone, ou 9d , para Android, para incluir automaticamente o nono dígito em sua agenda de celular (Kevork Djansezian / Getty Images)
Por Felipe ZmoginskiPublicado em 22/07/2012 12:42 | Última atualização em 22/07/2012 12:42Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo - A partir do próximo domingo, dia 29, todos os 34 milhões de celulares em operação na região metropolitana de São Paulo e outros municípios do interior que usam o DDD 11, como Jundiaí e Atibaia, no interior paulista, terão um novo dígito acrescido a seus números de telefone.

A inclusão do nono dígito foi uma decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para ampliar o número de combinações possíveis nos telefones móveis e fixos. Atualmente, com as restrições impostas pela agência, como a inexistência de números comerciais começados em zero ou um, há “apenas” 44 milhões de combinações possíveis.

Como o número de linhas habilitadas aproxima-se perigosamente do limite de combinações, a agência determinou que todos os telefones em uso ganhem um novo dígito. A única exceção é para empresas que usam conexão via rádio, caso da operadora Nextel.

Por uma definição, todos usuários receberão o número “9” na frente dos oito dígitos que já possuem. Assim, um telefone 2000-0000 será, a partir do próximo domingo, 92000-0000. Quem esquecer de digitar o número 9 à frente do número de um telefone em São Paulo será normalmente direcionado para o número correto até 7 de agosto.

A partir do dia 8, no entanto, quem esquecer de digitar o “9” poderá não conseguirá completar a ligação corretamente e ouvirá uma mensagem da Anatel. A fase de “adaptação” deve durar até 15 de janeiro de 2013, quando discagens sem o nono dígito não serão completadas, nem haverá qualquer aviso para o usuário.

Quem usa smartphones, pode usar aplicativos como o SP+9, no caso do iPhone, ou 9d+, para Android, para incluir automaticamente o nono dígito em sua agenda de celular. O nono dígito será necessário para qualquer operação, como envio de SMS, chamadas entre pessoas que estão no DDD 11, interestaduais ou internacionais.