• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Nasa lança missão espacial para impedir asteroides nesta quarta, 24

O programa DART tem como objetivo testar a capacidade de desviar corpos celestes em rota com a Terra em uma eventual ameaça real
Ilustração mostra sistema de asteroides ao lado do satélite italiano que registrará imagens do impacto da missão DART (Reprodução/Steve Gribben)
Ilustração mostra sistema de asteroides ao lado do satélite italiano que registrará imagens do impacto da missão DART (Reprodução/Steve Gribben)
Por André LopesPublicado em 24/11/2021 06:00 | Última atualização em 24/11/2021 06:16Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

A Nasa lançou na madrugada desta quarta-feira, 24, uma espaçonave com o objetivo de colidir com um asteroide e de testar a capacidade humana de proteger a Terra de corpos celestes que entrem em rota de colisão.

A missão DART, ou Teste de Redirecionamento de Asteroide Duplo, foi enviada a partir de um foguete SpaceX Falcon 9 da Base da Força Espacial de Vandenberg na Califórnia, nos EUA, às 3h20 no horário de Brasília, rumo a lua Dimorphos, que orbita o asteroide Didymos.

Quando chegar ao destino, em setembro de 2022, esta será a primeira demonstração em grande escala desse tipo de tecnologia pela agência em nome da defesa planetária.

E, mesmo se os especialistas da Nasa não conseguirem atingir o sistema de asteroides, desta vez não há risco de colisão com a Terra.

No entanto, com o sucesso da missão, uma cratera deve ser criada na Dimorphos, o que pode gerar uma inédita chuva de meteoros criada artificialmente pelo homem.