Mercado negro da deep web some e leva milhões dos usuários

Os fundadores do maior mercado negro de drogas da deep web, o Evolution, sumiram e levaram consigo milhões de dólares de seus clientes

São Paulo - A comunidade online do Evolution, maior mercado negro da deep web depois da queda da Silk Road, está devastada. Depois de bloquear o saque de bitcoins durante o final de semana, alegando problemas técnicos, o site de venda de drogas e contrabando simplesmente desapareceu sem deixar rastros.

Não houve ação policial ou apreensão de servidores, até onde se sabe. Aparentemente, os administradores desligaram a página e sumiram – levando consigo uma quantia estimada em 12 milhões de dólares em bitcoins de usuários.

"Não façam isso, por favor", implora um membro no fórum virtual Reddit. "Eu devo dinheiro e não poderei pagar se isso for verdade. Minha vida está em perigo."

O Evolution guardava os bitcoins de seus clientes, que podiam ser usados nas transações e sacados a qualquer momento. Inclusive, foram inovações nesse sistema que atraíram muitos de seus usuários, órfãos da finada Silk Road. O site era também conhecido pelo profissionalismo da equipe e pela estabilidade dos servidores, um problema enfrentado rotineiramente por outros sites da deep web.

Ainda não há confirmação oficial do golpe multimilionário, mas um ex-integrante da equipe, que diz também ter perdido dinheiro no esquema, garante que a dupla de fundadores, Verto e Kimble, passou a perna em todo mundo.

Um reforço a essa teoria é o fato de que os dois trabalhavam também como fraudadores de cartão de crédito anteriormente. Ao contrário da Silk Road, não havia qualquer tipo de "código moral" no Evolution, que permitia o comércio livre de números roubados.

Se a fraude se confirmar, será o maior golpe já sofrido pelos mercados negros online, maior que o fechamento da Silk Road, quando o FBI confiscou 3,6 milhões de dólares em bitcoin.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.