Tecnologia

Kim Dotcom promete volta do Megaupload

Fundador do site de download promete em sua conta no Twitter um serviço maior, melhor e gratuito; e diz que ama os brasileiros

“Sopa está morta, Pipa está morta, ACTA está morta. O Mega vai voltar, maior, melhor, mais rápido, gratuito e protegido de ataques", disse Kim Dotcom no Twitter (Sandra Mu/Getty Images)

“Sopa está morta, Pipa está morta, ACTA está morta. O Mega vai voltar, maior, melhor, mais rápido, gratuito e protegido de ataques", disse Kim Dotcom no Twitter (Sandra Mu/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de janeiro de 2013 às 15h10.

São Paulo – O fundador do Megaupload, Kim Dotcom, anunciou via Twitter que o serviço para hospedagem de arquivo irá retornar em breve.

“Sopa está morta, Pipa está morta, ACTA está morta. O Mega vai voltar, maior, melhor, mais rápido, gratuito e protegido de ataques”, publicou ele em sua conta.

Dotcom também usou o Twitter para falar de um outro projeto seu que foi barrado com sua prisão.

“Qual ferramenta os detentores dos direitos autorais poderiam criar para compartilhar seus arquivos? Megakey! Três anos de desenvolvimento com o objetivo de remunerar os criadores de conteúdo e três dias antes do lançamento fui barrado”, escreveu.

O empresário também se comunicou diretamente com os brasileiros. “Hi Brazil. Vocês são as melhores pessoas do mundo. Eu te amo. Mega misses you too”, escreveu ele combinando inglês e português.

Atualmente, Dotcom cumpre prisão domiciliar em Auckland, na Nova Zelândia. Os Estados Unidos tentam extraditá-lo a fim de julgá-lo pelo crime de pirataria.

No mês passado, o cofundador da Apple, Steve Wozniak, visitou Dotcom em sua residência. Na ocasião, ele declarou seu apoio ao Megaupload e criticou a postura do Governo dos Estados Unidos.

A audiência de extradição de Dotcom está marcada para o próximo dia 6 de agosto, na Nova Zelândia.

Acompanhe tudo sobre:CopyrightDownloadsEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaInternetKim DotcomMegaupload

Mais de Tecnologia

CEO do Spotify confirma que assinatura "deluxe" com áudio de alta fidelidade chegará em breve

CrowdStrike: o bug em mecanismo de segurança que causou o apagão cibernético

Apple TV+ faz em um mês audiência que a Netflix faz em um dia

Alphabet registra lucro líquido de US$ 23,6 bilhões no segundo trimestre de 2024

Mais na Exame