Google Glass ainda não morreu e ganha novidades

Os óculos de realidade aumentada do Google ressurgiram após três anos, mas motivos ainda não são claros

São Paulo -- Vivo. O Google Glass, um aparelho de quase cinco anos atrás e que foi parcialmente abandonado pelo Google, recebeu uma atualização de software nesta semana. O seu aplicativo para smartphones, o MyGlass, também ganhou um update.

Essas são as primeiras novidades--ainda que sejam apenas correções de bugs--em quase três anos. O site Android Police reporta que os óculos inteligentes do Google agora podem exibir ao usuário um cursor caso um mouse esteja conectado a ele.

O aplicativo MyGlass ganhou suporte para a central de notificações dos smartphones Android. Com isso, você pode ver as novidades dos seus apps diretamente nos óculos.

Quando foi lançado, com estoque limitado, o Google Glass custava 1.500 dólares, muito mais do que o preço de qualquer smartphone topo de linha nos Estados Unidos.

O motivo do Google ter tirado a poeira do Glass ainda não foi revelado.

Vale notar que a Apple comprou a empresa Real Face neste ano. Ela é especializada em reconhecimento facial.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.