A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Google desiste de fechar serviço de vídeo

O serviço Google Video, que deveria ser desativado no próximo dia 29, deve continuar ativo indefinidamente. O Google desistiu de encerrá-lo, ao menos por enquanto

São Paulo - O Google desistiu de fechar o Google Video, plataforma para compartilhamento de vídeos criada antes de a empresa adquirir o YouTube, em 2006, por 1,6 bilhão de dólares.

O anúncio havia sido feito na última segunda-feira (18). O fechamento estava programado para a próxima sexta-feira (29). “Os usuários do Google Video podem ter certeza que eles não vão mais perder o seu conteúdo. Também estamos eliminando o prazo estipulado para o dia 29 de abril”, informou o post.

Agora, o Google implantou um novo botão que permite aos usuários fazer a migração de seus vídeos para o YouTube de forma automática. No futuro, todos os vídeos devem ser transferidos pelo próprio Google. O upload de vídeos no Google Video está bloqueado desde maio de 2009. De acordo com a empresa, o fechamento do Google Vídeo permitiria, a ela, concentrar-se no desenvolvimento de outras tecnologias em benefício da web.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também