Fukushima quer sediar eventos olímpicos em 2020

Prefeitura quer mostrar que está totalmente recuperada do desastre nuclear de 2011

Fukushima quer mostrar que está totalmente recuperada do desastre nuclear de 2011, e para isso quer sediar alguns eventos para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

O governador da prefeitura no norte do país realizou conversas com seu equivalente de Tóquio na terça-feira para discutir a questão.

"Precisamos estabelecer uma meta para que possamos mostrar o quanto Fukushima se recuperou", disse Masao Uchibori, de acordo com a agência Kyodo News, nesta terça-feira.

Uchibori não especificou quais eventos Fukushima quer abrigar, mas partidas de futebol parecem ser mais prováveis, considerando que os jogos normalmente são realizados em todo o país-sede e começam antes da cerimônia de abertura. 

O governador de Tóquio, Yoichi Masuzoe, deu boas-vindas para Fukushima, local do pior incidente nuclear do mundo desde Chernobyl em 1986. 

"As Olimpíadas devem mostrar ao mundo a reconstrução da região de Tohoku. Queremos cooperar o máximo possível", disse ele. 

(Por Patrick Johnston, em Cingapura)

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também