Facebook anuncia ferramenta para busca de emprego

Disponível, por enquanto, apenas nos EUA e Canadá, a nova ferramenta permite que empresas postem vagas de emprego em uma aba específica de suas páginas
Facebook: o site ainda permitirá que as companhais que buscam candidatos paguem para aumentar o alcance do anúncio da vaga (foto/Getty Images)
Facebook: o site ainda permitirá que as companhais que buscam candidatos paguem para aumentar o alcance do anúncio da vaga (foto/Getty Images)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 23/02/2017 17:02 | Última atualização em 23/02/2017 17:02Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo - O Facebook anunciou na quinta-feira, 16, o lançamento de um novo recurso para busca de vagas de emprego.

Disponível, por enquanto, apenas nos Estados Unidos e Canadá, a nova ferramenta permite que empresas postem vagas de emprego em uma aba específica de suas páginas, ficando disponíveis para quem interessar.

Segundo o vice-presidente de anúncios do Facebook, Andrew Bosworth, em entrevista ao site de tecnologia Business Insider, o recurso foi desenvolvido depois de a empresa fazer uma pesquisa com proprietários de pequenas empresas nos Estados Unidos, que indicou que um dos maiores problemas para estas companhias era encontrar pessoas certas para contratar.

"Eles colocaram esta necessidade à frente de achar novos clientes", disse Bosworth.

O funcionamento do novo recurso é como o de qualquer outra postagem. A companhia registra as vagas em aberto em uma aba específica, que poderá ser encontrada por usuários na própria página oficial da empresa ou ainda no feed de notícias, como qualquer outra postagem da rede.

O Facebook ainda permitirá que as companhais que buscam candidatos paguem para aumentar o alcance do anúncio da vaga.

As vagas ainda permanecerão disponíveis por um determinado tempo; os candidatos podem enviar seu currículo diretamente de seu Facebook: ela irá clicar em um botão no anúncio de emprego e, a partir daí, abrirá um formulário no Messenger para ser preenchido, com habilidades, objetivos e informações básicas.Ainda não há data para a ferramenta chegar em outros países.