EUA autorizam notificação judicial por meio de mensagem no Facebook

Uma mulher poderá intimar o marido em um processo de divórcio pelo serviço de mensagem da rede social

Muitos processos de divórcios são atrapalhados pela demora na intimação de uma das partes, que geralmentea acontece quando um dos cônjuges não quer assinar a separação definitiva. Um tribunal americano criou um precedente que pode eliminar esse problema.

A principal instância da Justiça de Manhattan decidiu que uma mulher de 26 anos chamada Ellanora Baidoo poderia intimar seu marido sobre o processo de divórcio utilizando as mensagens do Facebook.

O marido de Baidoo, Victor Sena Blood-Drzraku, desapareceu após a separação do casal. Ele não tem um emprego fixo ou endereço. “Os correios não conseguem entregar cartas, ele não tem um endereço vinculado a seu telefone pré-pago e o departamento de Trânsito não tem registros dele”, afirma o jornal New York Daily News, que contou a história.

O tribunal de Nova York descobriu que o marido fujão se comunica com outras pessoas apenas por telefone e redes sociais. Dessa forma, Ellanora Baidoo foi autorizada a enviar a notificação do divórcio pelo serviço de mensagens do Facebook por três semanas consecutivas.

Caso Blood-Drzraku não responda às mensagens no Facebook, o juiz pode conceder a Baidoo tudo o que foi solicitado na ação judicial.

Fonte: New York Daily News

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.