Estas são as estações de metrô onde as pessoas mais pedem carros da Cabify

Aplicativo de mobilidade rival da Uber e da 99 analisou trajetos em que as corridas complementam o trajeto dos usuários

São Paulo – Em um levantamento da Cabify, aplicativo de transporte individual urbano rival de 99 e Uber, a empresa identificou quais são as regiões com maior fluxo de pedidos de carros.

Os pontos principais são estações de metrô no trecho entre a Av. Paulista e Pinheiros. Na Consolação, na linha verde do metrôs de São Paulo, o maior número de viagens identificado pelo estudo acontece na região do Baixo Augusta e do Bairro Cerqueira César.

Em Pinheiros, zona oeste da capital paulista, as estações Fradique Coutinho e Faria Lima, da Linha 4 Amarela, são as mais populares entre os clientes da Cabify.

No centro, a estação Trianon-MASP, da Linha Verde, é a que tem mais pedidos de viagens no aplicativo da empresa. A região da Bela Vista, por fim, conta com o maior número de corridas na estação Brigadeiro, também da Linha Verde.

O levantamento da Cabify considerou apenas trajetos curtos, de até 1,8 km, quando o aplicativo é usado como uma forma complementar de deslocamento urbano, em conjunto com ônibus, metrô ou caminhada. Os dados são referentes a viagens realizadas entre janeiro e setembro de 2018.

De acordo com Jorge Pilo, country manager (gerente geral) do Brasil da Cabify, o aplicativo da empresa evolui para se tornar uma solução de mobilidade urbana completa. Na Espanha, seu país de origem, por exemplo, a companhia já oferece aluguel de motos em um modelo de negócio similar ao da Yellow no Brasil. No entanto, ainda não há planos para trazer o serviço ao nosso mercado em razão de burocracia relacionada à necessidade de carteira de habilitação para motociclistas, segundo entrevista da Pilo a EXAME.

O estudo da Cabify informa ainda que 22,10% dos clientes do aplicativo usam ônibus no dia a dia e 37,30% utilizam essa opção de mobilidade em alguns casos. Já o metrô foi mencionado pelos participantes da pesquisa, que aconteceu com 1.417 pessoas em nove cidades brasileiras, por 10,50% dos usuários da Cabify como um meio de transporte que é usado sempre, enquanto 29% disseram usá-lo às vezes. O uso mais comum entre os passagens da companhia é ao retornar de festas (85%), seguido pela demanda por mais conforto (67%) e por atrasos (58%).

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.