Empresário indiano está por trás de conta jihadista popular no Twitter

Internauta 'tem responsabilidades em um conglomerado indiano em Bangalore'

O homem por trás de uma das mais influentes contas pró-jihad no Twitter foi identificado como um empresário de Bangalore, Índia, segundo a rede britânica Channel 4.

A conta @ShamiWitness contava com cerca de 17.700 seguidores, incluindo muitos combatentes estrangeiros da organização Estado Islâmico (EI). Alguns dos seus tuítes foram vistos mais de dois milhões de vezes por mês, segundo o canal.

O criador da conta, chamado "Mehdi", segundo o Channel 4, fechou-a depois de ser procurado pela rede de televisão e ela foi efetivamente desativada nesta sexta.

Segundo o Channel 4, que não forneceu o nome completo do empresário porque ele "tem responsabilidades em um conglomerado indiano em Bangalore" e teme que suas funções sejam afetadas.

Ainda de acordo com o Channel 4, "Mehdi" declarou que não tem a intenção de se juntar ao grupo Estado Islâmico porque o indiano sustenta sua família.

A Polícia indiana declarou à imprensa que vai investigar o caso.

@ShamiWitness apresentava informações de quem aparentemente tinha contatos no EI e anunciava as mortes de alguns combatentes, louvando seu "sacrifício".

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.