Efeito Netflix: "O Gambito da Rainha" aumenta interesse por xadrez online

Quase 1 bilhão de smartphones agora têm algum tipo de jogo de xadrez baixado, segundo a Federação Internacional de Xadrez (FIDE)

Em um movimento rápido, a minissérie “O Gambito da Rainha”, baseada no livro homônimo de Walter Tevis, se tornou a produção original curta mais vista na história da Netflix, sendo assistida em 62 milhões de casas no mundo todo

Fora os recordes dentro da plataforma de streaming, a série também fez com que o interesse dos consumidores por jogos de xadrez aumentasse: no Google, por exemplo, as pesquisas pelo termo quase dobraram dez dias após seu lançamento em relação ao ano passado inteiro. Já no eBay, site de e-commerce americano, houve um aumento de 273% nas buscas por um tabuleiro. 

Quer saber como a inovação pode ajudar seu negócio? Faça o curso Inovação na Prática

As pessoas também estão interessadas em aprender a jogar xadrez. De acordo com o site Salon, o enxadrista e mestre Levy Rozman saiu de uma média de 70.000 views diárias na plataforma de vídeos Twitch para 500.000 pouco tempo depois de a série ter sido lançada --- o vídeo mais popular, é claro, tem a ver com a produção da Netflix: “Como Jogar O Gambito da Rainha”.

No YouTube, por exemplo, o mesmo vídeo tem 514.444 visualizações. No terceiro trimestre de 2020, o site de vídeos foi o responsável pelo crescimento da Alphabet, controladora do Google, com uma receita de 46,2 bilhões de dólares. 

O crescimento também se estendeu para aplicativos de xadrez online.

O app do site Chess.com chegou a figurar como o terceiro jogo mais baixado na categoria de estratégia em iPhones nos Estados Unidos. Mundialmente, o game já tem mais de 400.000 downloads. Na App Store brasileira, o jogo é o primeiro na categoria “Xadrez Online”. O site também permite que os usuários joguem contra a personagem principal da série, Beth Harmon --- um detalhe interessante. 

Segundo o site americano Business Insider, o Chess.com bateu recordes em quase todos os dias do mês de novembro graças ao Gambito da Rainha. Na terceira semana de novembro, mais de 100.000 novos membros se registraram no site diariamente --- quase cinco vezes mais do que a média.  Quase 1 bilhão de smartphones agora têm algum tipo de jogo de xadrez baixado, segundo a Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

A FIDE também aponta que a pandemia do novo coronavírus foi um forte impulsionador para o xadrez online. Segundo a Federação, no começo de 2020, cerca de 11 milhões de jogos de xadrez eram jogados diariamente --- depois da quarentena, o número aumentou para 17 milhões.

Os números por si só já confirmam o que o efeito Netflix pode causar na vida real. E não foi a primeira (nem a última) vez que isso aconteceu. Sem propagandas em seu site, o serviço de streaming encontrou uma velha forma para fortalecer determinadas marcas em suas produções: colocando-as nas cenas de filmes e séries.

Em 2018, as vendas da bebida Yakult aumentaram vertiginosamente após uma cena no filme de comédia romântica adolescente “Para Todos os Garotos que Já Amei”. Naquele ano, as ações da empresa aumentaram 2,6% de 17 de agosto (data do lançamento do filme) até o dia quatro de setembro. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.