A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

EUA dá detalhes de encontros com OVNIs em relatórios de Defesa

Os relatórios detalham observações de OVNIs que já haviam aparecido em vídeos liberados no final de abril pelo Departamento de Defesa americano

Um conjunto de relatórios, obtidos inicialmente pelo site The Drive, trouxe, nesta semana, novos detalhes sobre os vídeos de objetos voadores não identificados (OVNIs) liberados no final de abril pelo Departamento de Defesa americano. Os três vídeos curtos haviam sido captados por câmeras de luz infravermelha a bordo de aviões de combate da marinha americana.

Dois desses vídeos (veja abaixo) contêm comentários de pilotos impressionados pela velocidade em que os OVNIs se movimentavam. Em um deles, uma voz chega a dizer que o objeto podia ser um drone. Os relatórios recém-liberados também levantam essa hipótese.

Um desses relatórios diz que, em 2015, o piloto de um avião F/A-18 Hornet relatou ter observado o que parecia ser uma pequena aeronave branca com cerca de 1,5 metro de envergadura e sem identificação. O responsável pela investigação conclui que, considerando o tamanho, deve ser um avião não tripulado, ou drone. Em outro incidente, ocorrido no mesmo ano, a conclusão foi que poderia ser um drone ou um míssil.

Os oficiais que investigaram esses incidente entraram em contato com empresas que trabalham com drones, mas nenhuma delas reconheceu os OVNIs filmados pelos pilotos. Os militares admitem que, se aqueles objetos misteriosos eram mesmo drones, eles não têm a menor ideia de quem eram seus operadores.

Esses OVNIs foram avistados numa área de treinamento no estado americano da Virgínia. É uma área militar restrita, da qual as aeronaves civis estão excluídas. A presença desses supostos drones trouxe o temor de que algum deles possa colidir com um avião, provocando um acidente. Os investigadores militares também não descartam a possibilidade de esses OVNIs serem drones espiões, operados por algum país como Rússia ou China.

Esses temores levaram o Pentágono a elaborar protocolos de como os pilotos devem proceder ao avistar um OVNI e como devem reportar o incidente. É algo importante porque muitos pilotos simplesmente não relatavam esses encontros com medo de serem vistos como malucos.

Este vídeo reúne as imagens liberadas no final de abril pelo Pentágono:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também