Tecnologia

Criador do Megaupload é libertado na Nova Zelândia

Mesmo com sua liberdade, os Estados Unidos estão pedindo a extradição de Kim Schmitz, criador do site

Kim Dotcom saiu hoje, dia 22 de fevereiro, da prisão na Nova Zelândia (Sandra Mu/Getty Images)

Kim Dotcom saiu hoje, dia 22 de fevereiro, da prisão na Nova Zelândia (Sandra Mu/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de fevereiro de 2012 às 05h27.

Sydney - O criador do Megaupload, o alemão Kim Schmitz, também conhecido como Dotcom, acusado de cometer crime de pirataria virtual, foi posto em liberdade nesta quarta-feira após conseguir liberdade condicional na Nova Zelândia, informou a imprensa local.

Os EUA vem pedindo a extradição de Schmitz. O juiz Nevin Dawson, do Tribunal do distrito de North Shore, concedeu liberdade condicional ao criador do Megaupload por considerar que ele não representa uma ameaça de fuga.

Acompanhe tudo sobre:Copyrightcrimes-digitaisEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaInternetJustiçaMegauploadNova ZelândiaPaíses ricosseguranca-digitalSites

Mais de Tecnologia

Alphabet registra lucro líquido de US$ 23,6 bilhões no segundo trimestre de 2024

Visa e Banco do Brasil lançam pagamento por aproximação em relógios da Garmin

CEO da CrowdStrike é convidado a depor no Senado dos EUA sobre falha que afetou PCs Windows

Starlink quer adicionar 7,5 mil novos satélites na rede acessada pelo Brasil

Mais na Exame