Tecnologia

Conheça o data center do Google em que empregados não entram

Google abriu as portas de seu Data Center em Oregon, faça um tour virtual 360º

Google no currículo (Reuters/Peter Power)

Google no currículo (Reuters/Peter Power)

Camila Pati

Camila Pati

Publicado em 29 de março de 2016 às 10h58.

São Paulo — Vestir o crachá do Google não dá acesso a um dos corações da empresa, em Oregon, nos Estados Unidos.
Um dos principais data centers da empresa, que fica em The Dalles, conta com proteção contra eventuais quedas no sistema 24 horas por dia e uma equipe de plantão para resolver qualquer problema que surja. 

A maioria dos funcionários do Google não tem acesso ao local. Para entrar no centro de infraestrutura de dados, repleto de andares e mais andares de servidores, há um rígido controle que inclui checagem dupla de dados biométricos por meio da íris do visitante e um círculo de bloqueio, que só permite a entrada de uma pessoa por vez.

No entanto, já possível conhecer o local por meio de um tour virtual 360º, disponível em resolução de 4K no Google Cardboard, YouTube Mobile e Chrome. O vídeo foi liberado esta semana pelo Google e já tem 252 mil views, confira:

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:Data centerEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaGoogleTecnologia da informaçãoVídeos

Mais de Tecnologia

Empresas chinesas obtêm primeira licença de demonstração de carros inteligentes sem motorista

Apple vê estagnação nas vendas de iPhone enquanto mercado global de smartphones cresce

TikTok impulsiona crescimento da cultura sul-coreana e alcança R$ 777 bilhões

Google deve comprar empresa de cibersegurança por US$ 23 bilhões, diz WSJ

Mais na Exame