Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Como era o WhatsApp 10 anos atrás

História do aplicativo se confunde com a do iOS, do iPhone

Modo escuro

 (Reprodução/Getty Images)

(Reprodução/Getty Images)

L
Lucas Agrela

Publicado em 24 de fevereiro de 2019 às, 05h55.

Última atualização em 24 de fevereiro de 2019 às, 05h55.

São Paulo – O WhatsApp completa dez anos de lançamento neste domingo (24) e o aplicativo mudou muito desde que foi lançado, em 2009, inicialmente apenas para iPhone. Criado por dois ex-funcionários do Yahoo, Jan Koum e Brian Acton, ele surgiu como um complemento para agendas de contatos no celular. Ele mostrava apenas o status, como "Disponível", "Ocupado" ou "Bateria fraca".

Os fundadores do WhatsApp contrataram o desenvolvedor russo Igor Solomennikov para criar a primeira versão do WhatsApp. No ano seguinte, ele estava disponível para BlackBerry e a edição Android chegou mais tarde, em agosto de 2010.

De acordo com o livro “Pense como os novos bilionários”, de Randall Lane (HSM Educação Executiva), o aplicativo ganhou o recurso de mensagens instantâneas pouco depois de iOS, sistema do iPhone, criar as notificações – e o status passou a ser uma funcionalidade secundária. Tudo começou apenas com mensagens em texto. Só em dezembro de 2009 é que o app passou a permitir o envio de fotos para outros contatos.

WhatsApp-Notification-2009

O WhatsApp ganhou espaço ao resolver o mesmo problema que resolve hoje: era um bom substituto para o SMS. Nos Estados Unidos, país com maior penetração de iPhones do mundo, o iMessage, da Apple, resolve o problema. Por conta disso, o WhatsApp ganhou mais força em países como o Brasil, onde a porcentagem de dispositivos Android é maior.

Aos poucos, o aplicativo tomou forma ficou como é hoje. Ganhou suporte a mensagens de voz, compartilhamento de documentos, grupos de contatos, ligações e chamadas em vídeo via internet e até mesmo um novo aplicativo, o WhatsApp Business, voltado para pequenas e médias empresas, lançado em janeiro de 2018.

Últimas Notícias

ver mais
Apple diz que consertará bug que deixa iPhone 15 quente demais para ser manuseado
Tecnologia

Apple diz que consertará bug que deixa iPhone 15 quente demais para ser manuseado

Há um dia
Um coach para a IA: as principais etapas para treinar um robô
Tecnologia

Um coach para a IA: as principais etapas para treinar um robô

Há 2 dias
Epic Games, criadora do Fortnite, demite 16% de sua força de trabalho
Tecnologia

Epic Games, criadora do Fortnite, demite 16% de sua força de trabalho

Há 3 dias
Musk demite equipe focada no combate à desinformação eleitoral na rede X
Tecnologia

Musk demite equipe focada no combate à desinformação eleitoral na rede X

Há 3 dias
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais