• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Com Gerando Falcões, favela de São Paulo vai ao metaverso

Em parceria com a Accenture, a ONG lançou na Favela dos Sonhos, em Ferraz de Vasconcelos, o game Missão Favela X, que aborda a transformação social das comunidades carentes
Edu Lyra, da Gerando Falcões: aposta no metaverso para transformar a realidade das favelas (Exame/Leandro Fonseca)
Edu Lyra, da Gerando Falcões: aposta no metaverso para transformar a realidade das favelas (Exame/Leandro Fonseca)
Por Da redaçãoPublicado em 05/05/2022 15:55 | Última atualização em 09/05/2022 12:11Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A ONG Gerando Falcões, do empreendedor social Edu Lyra, lançou nesta quinta-feira, 5, o game Missão Favela X, que representa um primeiro pé da organização em ambiente de metaverso.

Além de estabelecer o pioneirismo da iniciativa, o projeto, que foi realizado junto da Accenture, quer usar os mundos virtuais, que por hora funcionam simbolicamente, para trazer os gamers para a missão social de combater a pobreza ao lado da Gerando Falcões.

Patrocinado por nomes de peso como Havaianas, Nestlé e 99, o evento de lançamento aconteceu na Favela dos Sonhos, em Ferraz de Vasconcelos, município na Grande São Paulo, e crianças e jovens jogaram e testaram o Missão Favela X no local.

O objetivo do game é educar as crianças e os jovens sobre os desafios fundamentais para a erradicação da pobreza (infraestrutura, saneamento básico, educação, cultura e tecnologia), conscientizando a geração futura de que a movimentação social em prol de arrecadar fundos pode acelerar a transformação das favelas.

Para a Gerando Falcões, a inovação social e tecnologia de ponta são os elementos centrais para transformar o futuro das favelas. E nesse contexto entra o metaverso como impacto social.

"Muitas pessoas conhecem a favela apenas pela janela do carro, e agora jogadores de todas as classes e regiões vão enfrentar, pela tela do computador ou do celular, transtornos que pessoas vulneráveis encaram em suas realidades cotidianas", salienta Edu Lyra, CEO e fundador da Gerando Falcões.

"São quase 14 mil favelas no Brasil, e esta é a grande chance que temos de fazer algo que pode mudar o futuro de seus moradores, sobretudo o futuro das crianças e dos jovens", completa.

A Gerando Falcões é um ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o impacto de longo prazo nas favelas de todo país. Por meio de iniciativas transformadoras, a GF entrega serviços de educação, desenvolvimento econômico e cidadania, e executa projetos para transformação social.

VEJA TAMBÉM:

Gerando Falcões e BTG: microcrédito social começa a gerar renda na comunidade
Com Gerando Falcões, Adobe quer usar tecnologia no combate à pobreza