Cientistas comprovam teoria de How I Met Your Mother

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, confirmaram a existência do “efeito cheerleader”, de Barney Stinson

São Paulo – Se você é fã da série How I Met Your Mother, provavelmente já riu das teorias sobre mulheres criadas pelo personagem Barney Stinson. Elas parecem malucas, mas cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, confirmaram a existência do “efeito cheerleader”.

Barney explica sobre o fenômeno no sétimo episódio da quarta temporada. Durante uma conversa com seus amigos no bar, o personagem mostra algumas garotas que parecem bonitas apenas quando estão em grupo. Mas nenhuma é atraente quando vista sozinha.

O artigo dos cientistas da Universidade da Califórnia foi publicado na revista científica Psychological Science. Segundo a pesquisa, o fenômeno acontece não apenas com mulheres, mas com qualquer grupo de pessoas.

O “efeito cheerleader” acontece porque o sistema visual cria um padrão ao observar o rosto de várias pessoas em conjunto, como se fizesse uma média conjunta. Isso significa que os rostos são mais atraentes quando vistos em grupo porque se parecerem similares a um rosto médio do grupo, o que é mais atraente que o rosto individual de cada um.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.