Brasil usa tecnologia para melhorar performance na Copa do Mundo 2018

Sensores com GPS monitoram movimentação em campo em tempo real

São Paulo – A Seleção Brasileira de Futebol usa a tecnologia como aliada para melhorar a performance em campo nas partidas da Copa do Mundo 2018. Para gerar dados que podem ser vistos pelo técnico e pela equipe, os jogadores usam sensores com GPS fornecidos pela empresa irlandesa StatSports por baixo das camisas. Diversas informações podem ser monitoradas em tempo real: velocidade de movimentação, número de arrancadas e distância total percorrida.

Todos os dados podem ser vistos em iPads, notebooks, smartphones ou relógios inteligentes.

Os sensores usados pela StatSports são modelos chamados Apex Pro Series. O kit completo da empresa contém beacons de transmissão em tempo real, coletes e a plataforma online.

As seleções de Portugal e Alemanha também usam o produto da StatSports como aliada na Copa do Mundo 2018. Todos os times têm acesso aos mesmos recursos, informou a empresa a EXAME.

A tecnologia está mais presente do que nunca no campeonato da FIFA mais importante do futebol mundial. Além do polêmico árbitro de vídeo VAR, seleções, como a da Alemanha, também usam análise de big data para melhorar a performance da equipe. Feita pela SAP, ela foi apontada diversas vezes como a responsável pela vitória por 7 a 1 contra o Brasil na Copa do Mundo 2014.

Veja o vídeo de apresentação da StatSports sobre a parceria com a Seleção Brasileira a seguir.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.