Biblioteca virtual do Google é considerada legal nos EUA

Os autores processaram o Google, cuja companhia controladora é agora denominada Alphabet, em 2005, um ano depois de o projeto ser lançado

Nova York - Um tribunal de apelações dos Estados Unidos decidiu nesta sexta-feira que os esforços do Google de escanear milhões de livros para uma biblioteca online não violam a lei de direitos autorais, rejeitando acusações de um grupo de autores de que o projeto os privaria ilegalmente de receitas.

A 2ª Corte de Apelações em Nova York rejeitou as acusações do sindicato dos escritores e vários escritores individuais, afirmando que o projeto do Google fornece um serviço público sem violar leis de propriedade intelectual.

Os autores processaram o Google, cuja companhia controladora é agora denominada Alphabet, em 2005, um ano depois de o projeto ser lançado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também