Biblioteca virtual do Google é considerada legal nos EUA

Os autores processaram o Google, cuja companhia controladora é agora denominada Alphabet, em 2005, um ano depois de o projeto ser lançado

	Google: a 2ª Corte de Apelações em Nova York rejeitou as acusações do sindicato dos escritores e vários escritores individuais
 (Justin Sullivan/Getty Images)
Google: a 2ª Corte de Apelações em Nova York rejeitou as acusações do sindicato dos escritores e vários escritores individuais (Justin Sullivan/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 16/10/2015 às 12:14.

Nova York - Um tribunal de apelações dos Estados Unidos decidiu nesta sexta-feira que os esforços do Google de escanear milhões de livros para uma biblioteca online não violam a lei de direitos autorais, rejeitando acusações de um grupo de autores de que o projeto os privaria ilegalmente de receitas.

A 2ª Corte de Apelações em Nova York rejeitou as acusações do sindicato dos escritores e vários escritores individuais, afirmando que o projeto do Google fornece um serviço público sem violar leis de propriedade intelectual.

Os autores processaram o Google, cuja companhia controladora é agora denominada Alphabet, em 2005, um ano depois de o projeto ser lançado.