A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Banco do Vaticano publica resultados pela 1ª vez

Banco do Vaticano pela primeira vez na história suas contas, com o resultado de um lucro líquido de 86,6 milhões de euros em 2012, quatro vezes mais que em 2011

Cidade do Vaticano  - O Instituto para as Obras de Religião (IOR), mais conhecido como o banco do Vaticano, publicou nesta terça-feira (01) pela primeira vez na história suas contas, com o resultado de um lucro líquido de 86,6 milhões de euros em 2012, quatro vezes mais que em 2011.

O lucro permitiu ao IOR realizar uma contribuição de 54,7 milhões de euros ao orçamento da Santa Sé.

Pela primeira vez, o banco divulgou seus resultados em um relatório anual publicado em seu novo site na internet, uma demonstração da nova política de transparência que o Vaticano deseja para um banco muito criticado por sua opacidade no passado.

"Somos fiéis ao nosso compromisso de garantir a transparência de nossas atividades, respondendo às expectativas legítimas da Igreja Católica, das autoridades vaticanas, de nossos clientes, dos bancos com os quais nos relacionamos", afirmou o alemão Ernst von Freyberg, presidente do IOR desde fevereiro.

Em 2012, os clientes confiaram 6,3 bilhões de euros de fundos ao IOR, segundo o documento.

O presidente prevê para 2013 um balanço "marcado por gastos extraordinários vinculados ao processo de reforma e reorganização em curso e pelos efeitos produzidos pelo aumento das taxas de juros.

O papa Francisco determinou uma reforma do IOR como parte da revisão das estruturas do Vaticano.

O IOR administra milhares de contas, principalmente de sacerdotes, religiosos, bispos, congregações, que atualmente são controladas por consultores externos.

O banco também serve para fazer circular os fundos necessários para as obras da Igreja no mundo. Mas a falta de transparência permite que o dinheiro sujo, especialmente o da máfia, seja lavado no IOR.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também