A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Ativistas do Greenpeace detidos estão em "estado de choque"

Os trinta ativistas do Greenpeace detidos na Rússia, entre eles a brasileira Ana Paula Macial estão praticamente em estado de choque

Moscou  - Os trinta ativistas do Greenpeace detidos na Rússia, entre eles a brasileira Ana Paula Macial, por participar em uma ação de protesto em uma plataforma de petróleo no Ártico estão praticamente em estado de choque, declarou nesta terça-feira (01) a chefe de uma comissão de vigilância penitenciária.

"Muitos deles estão quase em estado de choque. Não entendem do que são acusados", declarou à AFP Irina Païkatcheva, que visitou os militantes em prisão preventiva em Murmansk (nordeste).

"Não podiam imaginar estas consequências depois de uma ação pacífica em um país democrático", explicou Païkatcheva.

Trinta ativistas que participaram na ação - 26 estrangeiros e 4 russos - foram colocados em prisão preventiva até 24 de novembro sob acusação de "pirataria", um delito que pode valer até 15 anos de prisão.

Seu barco, o Arctic Sunrise, foi interceptado em 19 de setembro por um grupo da guarda costeira russa e rebocado para Murmansk.

Os tripulantes do barco tentavam abordar uma plataforma da empresa Gazprom no Ártico para protestar contra os projetos de extração de petróleo na região.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também