Apps de namoro e Casa Branca se unem para acelerar vacinação

Apps de relacionamento estão incluindo emblemas que mostram se uma pessoa foi vacinada e oferecem vantagens para os que já se imunizaram
Casa Branca: governo trabalhou com apps para criar incentivos para população se imunizar (Tom Brenner/Reuters)
Casa Branca: governo trabalhou com apps para criar incentivos para população se imunizar (Tom Brenner/Reuters)
J
Jackie Davalos, da Bloomberg

Publicado em 23/05/2021 às 08:00.

Última atualização em 31/05/2021 às 11:23.

Por Jackie Davalos, da Bloomberg

A Casa Branca está recrutando aplicativos populares de namoro para encorajar americanos a exibirem seu status de vacinação para aumentar as chances de conhecer alguém interessante.

Nove dos maiores aplicativos de namoro dos Estados Unidos, que incluem o Bumble, além do Tinder e Hinge, do Match Group, incluíram emblemas que mostram se uma pessoa foi vacinada e oferece vantagens para os que já se imunizaram.

O programa é o mais recente esforço do governo federal para aumentar a taxa de vacinação nos EUA e alcançar a meta do presidente Joe Biden de imunizar 70% dos adultos com pelo menos com uma dose até 4 de julho. O governo fechou uma parceria com Twitter e Facebook em abril para enviar notificações informando os usuários sobre a elegibilidade para tomar a vacina, e se uniu à Uber Technologies e Lyft neste mês para oferecer viagens gratuitas para quem vai ser vacinado.

Aproximadamente metade dos americanos recebeu pelo menos uma dose, e 38% estão totalmente imunizados, segundo o rastreador de vacinas da Bloomberg.

O Tinder, maior aplicativo de namoro dos EUA, incluiu símbolos digitais aos perfis dos membros que dizem “I’m Vaccinated” (estou vacinado) ou “Vaccines Save Lives” (vacinas salvam vidas) e oferece acesso gratuito ao conteúdo premium para usuários imunizados, como um “Super Like”, o que ajuda a se destacar entre possíveis pretendentes. Pessoas que são vacinadas ou planejam tomar uma vacina contra a Covid-19 obtêm 14% mais sugestões de pessoas com afinidades do que o contrário, segundo dados do OkCupid, outro site de namoro popular controlado pelo Match.

O Tinder também incluiu um segmento com recursos de vacinas e que conecta usuários ao local de vacinação mais próximo. Hinge, Match, OkCupid, BLK, Chispa e Plenty of Fish, do Match, também participam da iniciativa.

Da mesma forma, o Bumble e o Badoo permitirão que pessoas adicionem um crachá “vacinado” aos seus perfis e darão créditos para recursos pagos como “SuperSwipes”, que permite aos usuários sinalizar interesse a um possível pretendente.