Tecnologia

Apple pode se render e lançar app do iTunes para Android

Apple está estudando possibilidade de lançar uma versão do iTunes para Android, além de serviço de streaming de músicas


	Jobs: Fundador da Apple não queria iTunes em Windows. Agora, ele talvez chegue até o Android
 (Justin Sullivan/Getty Images)

Jobs: Fundador da Apple não queria iTunes em Windows. Agora, ele talvez chegue até o Android (Justin Sullivan/Getty Images)

Victor Caputo

Victor Caputo

Publicado em 24 de março de 2014 às 15h36.

São Paulo – A Apple está estudando lançar um aplicativo do iTunes para Android. Além do app para o sistema do Google, a empresa também estaria pensando em lançar um sistema de streaming de músicas pago. Com isso, competiria com outros serviços como Rdio e Spotify.

As informações foram publicadas pela revista especializada Billlboard. Elas foram fornecidas para a revista por três fontes que estariam familiarizadas com os planos da Apple.

A estratégia estaria sendo traçada por causa da diminuição nas vendas de músicas pela plataforma. As vendas de álbuns digitais no iTunes caíram 13%, as de músicas individuais caíram 11%. Os números são da Nielsen SoundScan.

Ao mesmo tempo em que as vendas da Apple diminuem, outras empresas estão lucrando mais. Spotify, Pandora e YouTube geraram 1,4 bilhão de dólares em assinaturas para acesso a conteúdos pagos no ano passado. O número representa um aumento de 39% em comparação com 2012.

Hoje, a Apple já tem um serviço de streaming grátis, a iTunes Radio.

Abre-te, Sésamo

Ironicamente, o iTunes deslanchou graças a outra atitude menos controladora da Apple. Steve Jobs não queria que o iPod pudesse ser usado em computadores rodando Windows. Em certo momento, Jobs teria dito que o uso de iPods em PCs só aconteceria por cima de seu cadáver.

Depois de muitas brigas, Jobs finalmente cedeu e permitiu que o tocador de MP3 fosse usado em computadores com Windows. Graças a isso, o iTunes foi lançado também para o sistema da Microsoft.

É difícil imaginar como teria sido o cenário do iPod sem que ele pudesse ser comprado também por usuários de Windows. Mas certamente não teria sido o divisor de águas que foi. Lançar uma versão para Android pode ser o próximo passo da Apple para fazer o iTunes crescer ainda mais.

Acompanhe tudo sobre:AndroidAppleArteEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaEntretenimentoGoogleIndústria da músicaiPodiTunesMicrosoftMúsicaTecnologia da informaçãoWindowsYouTube

Mais de Tecnologia

Muito tempo no celular? Veja dicas para diminuir seu tempo de tela

Dez anos de Spotify no Brasil: o app que extinguiu a pirataria e virou sinônimo de música

O que esperar do balanço da Nvidia, a mais nova queridinha de Wall Street

Quatro operadoras da China se unem para oferecer roaming 5G entre redes

Mais na Exame