Apple faz recall de iPhone 11 por problemas na tela; reparo é gratuito

Aparelho apresenta problemas no display e usuários podem saber se compraram uma unidade defeituosa utilizando o site da fabricante
iPhone 11: celular da Apple apresenta defeito na tela de algumas unidades vendidas (Lucas Agrela/Site Exame)
iPhone 11: celular da Apple apresenta defeito na tela de algumas unidades vendidas (Lucas Agrela/Site Exame)
Por Rodrigo LoureiroPublicado em 08/12/2020 14:46 | Última atualização em 08/12/2020 17:45Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Apple realiza uma espécie de recall de unidades defeituosas do iPhone 11. A companhia americana iniciou o processo de troca de aparelhos após identificar o número não revelado de aparelhos com problemas no display, o que prejudica o uso do celular. Apenas um determinado grupo de aparelhos está elegível ao programa.

Para saber se o iPhone comprado pode estar neste grupo de aparelhos defeituosos, é preciso preencher o número de série do aparelho neste site da Apple. Para encontrar o número de série basta acessar a opção Ajustes, pressionar Geral e logo em seguida escolher a opção Sobre.

Caso o aparelho esteja elegível ao programa de reparo ou troca, a “Apple ou uma prestadora de serviços autorizada poderá fazer o reparo, livre de cobranças”, informa o site da fabricante americana. Estão elegíveis apenas iPhones 11 adquiridos em até dois anos.

A Apple também lembra que se o celular estiver com qualquer outro problema na tela que tenha sido causado por mau uso (rachaduras ou arranhões, por exemplo), o dispositivo não deixará de fazer parte do programa de reparo, mesmo que o número serial bata com os critérios estabelecidos.

“Se o seu iPhone 11 tiver qualquer dano que impacte na capacidade de concluir o reparo, como uma tela quebrada, o problema em questão deverá ser resolvido antes do serviço de substituição”, especifica um dos trechos. Assim, ainda é possível recuperar a elegibilidade ao programa, mas somente após pagar pelo conserto do outro defeito.

Outro ponto importante é que o reparo do iPhone 11 por causa deste problema específico das telas não tem nada a ver com a garantia do celular. Ou seja, mesmo que a garantia já tenha expirado, é possível recorrer à assistência. Ao mesmo tempo, os celulares não irão ganhar tempo adicional de garantia após o conserto gratuito.

Por fim, caso o usuário já tenha sido vítima do problema e levado o iPhone 11 para ser consertado na Apple ou em uma autorizada da companhia, ele poderá abrir um pedido de reembolso do valor pago. É preciso entrar em contato com o suporte da empresa para dar início ao processo.