Apple é multada em US$ 12 milhões por mentir sobre iPhones à prova d’água

Segundo autoridades da Itália, a empresa americana iludiu os consumidores em dois momentos; decisão foi divulgada nesta segunda

A Apple foi multada em cerca de 12 milhões de dólares (10 milhões de euros) por mentir sobre iPhones à prova d’água. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira, 30.

Segundo autoridades da Itália, a empresa americana iludiu os consumidores em dois momentos: primeiro ao promover campanhas afirmando que todos os aparelhos do iPhone 8 até o 11 eram resistentens a água em uma profundidade de até quatro metros por até 30 minutos, dependendo do modelo, e, segundo, ao não arrumar celulares que foram prejudicados por líquidos.

Para a Autorità Garante della Concorrenza e del Mercato (AGCM), a profundeza qual o iPhone consegue resistir é apenas possível dentro de testes feitos em laboratório com água parada e totalmente pura, não sendo verdadeira “em cenários da vida real”, em que pessoas podem derrubar o celular na privada, na água do mar, na piscina, entre outros.

 (EXAME Academy/Exame)

Mais cedo neste mês, foi anunciado que a Apple teria de pagar 113 milhões de dólares em um acordo feito com órgãos de justiça de diversos estados americanos após a comprovação de que a companhia prejudicava a velocidade de iPhones antigos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.