Apple poderá utilizar relógios suíços em aplicativos

Empresa norteamericana chegou a acordo com companhia de trens suíça e poderá utilizar relógios originais presentes nas estações do país em aparelhos e aplicativos

Genebra - A companhia nacional de trens da Suíça (CFF) e a empresa de informática Apple chegaram a um acordo para que os emblemáticos relógios das estações de trem do país sejam utilizados em aplicações de produtos como iPad e iPhone, informou nesta sexta-feira a empresa ferroviária.

No final de setembro, a CFF anunciou que entraria em contato com a Apple para encontrar uma 'solução justa' para o uso que a companhia americana faz do desenho do relógio das estações de trem suíças, na aplicação 'Clock' do novo iPad.

A empresa nacional suíça é proprietária do desenho do relógio, criado pelo engenheiro elétrico e desenhista suíço Hans Hilfiger e presente nas estações de trem do país desde 1944, e até agora, a única companhia com direito de explorá-lo.

As duas empresas chegaram a um acordo para um contrato de licença sobre o uso do desenho em produtos informáticos como o iPhone e o iPad, mas não quiserem divulgar o valor do direito da licença e outros detalhes do acordo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.