Tecnologia

Aplicativo do Microsoft Edge para Android e iPhone bloqueia anúncios

Rivais Chrome e Firefox também contam com bloqueio, mas são mais brandos

 (Divulgação)

(Divulgação)

Lucas Agrela

Lucas Agrela

Publicado em 25 de junho de 2018 às 17h59.

São Paulo – O aplicativo do Microsoft Edge para smartphones com sistema Android e iPhones testa um bloqueio nativo de anúncios publicitários. O recurso precisa ser ativado manualmente para que a publicidade de páginas web não seja exibida. Em breve, a nova funcionalidade deve ser oferecida a todos os usuários do app.

O Chrome e o Firefox também contam com bloqueadores de anúncios mais brandos. O navegador do Google não barra grande parte dos anúncios de sites, enquanto no da Mozilla é preciso usar uma guia anônima.

A restrição da Microsoft a publicidade no Edge acontece devido a uma parceria da empresa com a Adblock Plus, que tem uma extensão conhecida para navegadores de internet em computadores–e é bloqueada por diversos sites de notícias ou entretenimento que dependem da exibição de anúncios como parte da estratégia de monetização.

Na Google Play Store, que tem estatísticas sobre instalações de aplicativos em smartphones Android, o Microsoft Edge tem mais de 5 milhões de downloads. No entanto, ele ainda está longe do Chrome, que vem instalado em dispositivos com sistema Android e tem mais de 1 bilhão de instalações contabilizadas.

O Edge, sucessor do Internet Explorer no Windows 10 nos PCs, também ganhou versão para iPad e tablets Android recentemente, como indica o site de tecnologia americano The Verge.

Acompanhe tudo sobre:AndroidAnúncios publicitáriosAppsApps para iPhoneMicrosoftPublicidade

Mais de Tecnologia

Uber apresenta instabilidade no app nesta sexta-feira

Zuckerberg diz que reação de Trump após ser baleado foi uma das cenas mais incríveis que já viu

Companhias aéreas retomam operações após apagão cibernético

O que faz a CrowdStrike, empresa por trás do apagão cibernético

Mais na Exame