Tecnologia

Amazon trabalha em tecnologia para oferecer produtos de acordo com o humor

Amazon quer usar reconhecimento facial para tentar determinar o humor de uma pessoa por meio de suas expressões faciais e, assim, adaptar ou editar o conteúdo oferecido

 (Omar Marques/SOPA Images/Getty Images)

(Omar Marques/SOPA Images/Getty Images)

BG

Bibiana Guaraldi

Publicado em 5 de janeiro de 2021 às 15h14.

Às vezes, após um dia difícil, recorremos à música, livros ou filmes para nos animar. Mas e se o conteúdo que consumimos pudesse ser ajustado automaticamente para melhorar nosso humor? A Amazon está trabalhando para tornar isso realidade.

A Amazon registrou nos EUA a patente de um projeto para usar tecnologia de reconhecimento facial para tentar determinar o humor de uma pessoa por meio de suas expressões faciais e, assim, conseguir adaptar ou editar o conteúdo para se adequar ao humor do consumidor. 

Se você está exasperado e só quer algo para descansar o cérebro, o sistema provavelmente não mostraria um documentário sobre temas densos, por exemplo. 

Para quem não quiser revelar à Amazon seus sentimentos, talvez se você estiver usando uma máscara, o sistema não saiba que tipo de conteúdo programar para você.

Como se trata de um registro de patentes, é importante lembrar que as grandes empresas de tecnologia costumam registrar até mesmo as ideias mais malucas. No entanto, apesar de algumas vezes não dar em nada, os registros são um bom indicativo da direção que as big techs pretendem seguir e no que estão apostando.

Acompanhe tudo sobre:AmazonBem-estarempresas-de-tecnologiaInovaçãoInteligência artificialjeff-bezosPatentes

Mais de Tecnologia

Empresas chinesas obtêm primeira licença de demonstração de carros inteligentes sem motorista

Apple vê estagnação nas vendas de iPhone enquanto mercado global de smartphones cresce

TikTok impulsiona crescimento da cultura sul-coreana e alcança R$ 777 bilhões

Google deve comprar empresa de cibersegurança por US$ 23 bilhões, diz WSJ

Mais na Exame