Alemanha manda Tesla fazer recall de veículos por falha no sistema de emergência

Problema nos modelos Y e 3 afetaria 59 mil veículos globalmente, diz regulador do setor automotivo alemão
 (Foto/Reuters)
(Foto/Reuters)
A
Agência O Globo

Publicado em 02/07/2022 às 15:31.

Última atualização em 07/07/2022 às 11:31.

O órgão regulador do setor automotivo da Alemanha determinou que a Tesla, a fabricante de carros elétricos de Elon Musk, faça um recall de seus modelos Y e 3 problemas técnicos no sistema de emergência dos veículos.

A Autoridade Federal de Transporte a Motor só pode ordenar o recall dentro do país, mas informou em seu site na Internet que, no total, mais de 59 mil veículos da Tela poderiam ser afetados globalmente.

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês.

Falha no sistema de emergência das carros

A agência alemã identificou uma falha no sistema de emergência dos carros, que deveria ligar automaticamente para o 911 nos Estados Unidos ou para o número para socorro emergencial equivalente em outros países em caso de acidente sério.

Os proprietários atingidos pelo problema foram informados de que devem contatar a fabricante ou procurar uma oficina autorizada para fazer a atualização do software.

Novo iPhone será mais caro: preços vazados indicam aumento por conta de componentes

O comunicado foi publicado no último dia 29 de junho e divulgado pela emissora pública Rundfunk Berlin-Brandenburg (RBB) neste sábado. Os carros afetados foram produzidos este ano e, segundo a RBB, incluem o modelo Y fabricado na nova fábrica da Tesla em Berlim.

Esse modelo de veículo também é produzido nas fábricas da companhia em Fremont, na Califórnia, e em outra perto de Xangai, na China. Ambas as unidades também fazem o modelo 3.

Os números sobre a produção e entrega de veículos da Tesla no segundo trimestre do ano serão divulgados este fim de semana. A estimativa é que ocorra uma parada nos sucessivos resultados recordes trimestrais, principalmente em razão de um desligamento prolongado causado pela nova onda de Covid-19 na China e desafios logísticos na fábrica de Xangai.

Novas fábricas da Tesla na Alemanha e no Texas

Musk, CEO da companhia, afirmou que as novas fábricas da Tesla na Alemanha e no Texas, nos EUA, estão perdendo “bilhões de dólares” enquanto a empresa se esforça para ampliar sua produção.

Veja também:

Steve Jobs e outros famosos receberão homenagem da Casa Branca

Novo avanço contra o câncer de mama: tratamento consegue eliminar tumor por completo em estágio inicial

Alzheimer: conheça a técnica que permite diagnosticar a doença com um único exame