Poupança tem captação de R$ 11,4 bi em agosto, recorde para o mês

Poupança tem registrado fortes captações em meio à liberação de recursos pelo governo, principalmente por meio do auxílio emergencial

A tradicional caderneta de poupança registrou captação líquida de 11,403 bilhões de reais em agosto, no maior dado para o mês desde o início da série histórica, em 1995, informou o Banco Central (BC) nesta sexta-feira.

No mês, os depósitos superaram os saques em 7,948 bilhões de reais no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), enquanto na poupança rural houve entrada de 3,455 bilhões de reais.

No acumulado do ano, a captação líquida da poupança chegou a 123,981 bilhões de reais, valor também recorde.

A poupança tem registrado fortes captações em meio à bilionária liberação de recursos pelo governo em meio à pandemia, principalmente por meio do auxílio emergencial.

A nova realidade de juros básicos no país também tem feito a poupança, que é isenta de imposto de renda, se tornar uma alternativa mais simples de investimento na comparação com alternativas tradicionais da renda fixa que são referenciadas na Selic, mas pagam impostos.

Em agosto do ano passado, a poupança captou 1,316 bilhão de reais. Em todo o ano de 2019, os depósitos superaram os saques em 13,3 bilhões de reais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.