Os truques para salvar seu dinheiro do gasto tolo

O consultor financeiro Mauro Calil dá dicas de como forçar a sua poupança mensal, salvando seu dinheiro das tentações do consumo

São Paulo – Poupar normalmente não é uma tarefa fácil. Ou o orçamento já é apertado, ou as tentações do consumo deixam até os mais abastados no vermelho. Quem tem mais dificuldade pode se perguntar: será que existe alguma forma de eu me obrigar a fazê-lo? Para o consultor financeiro Mauro Calil, a resposta é sim, existem alguns truques que, a menos que você seja um comprador compulsivo, vão ajudar você a literalmente salvar seu dinheiro dos gastos tolos.

Raros são aqueles que têm uma genuína folga no orçamento, isto é, que conseguem gastar em tudo que querem e mais um pouco e ainda fazer o dinheiro sobrar. Uma boa dica para não ter que se haver com as sobras é separar a quantia a ser poupada assim que o rendimento cai na conta. O hábito pode ser criado em função de lembretes ou de forma mais compulsória, com uma poupança programada no seu caixa eletrônico ou internet banking – você programa a quantia e o dia do mês que o dinheiro deve ser destinado à sua conta-poupança.

Já existem até mesmo investimentos programados. O Tesouro Direto, plataforma do governo que permite e negociação de títulos públicos de renda fixa, possui funcionalidades que permitem ao investidor programar compras mensais de determinados títulos. Em algumas instituições é possível programar até mesmo aplicações em fundos de investimentos, fundos de previdência e em ações. Quando essa modalidade ocorre no próprio banco do investidor, há a vantagem do vínculo direto do investimento com a conta corrente.

Veja no vídeo abaixo as dicas do consultor Mauro Calil para você se forçar a salvar seu dinheiro:

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.