Como consultar online depósitos no FGTS dos últimos 25 anos

Quem trabalha com carteira assinada pode consultar lançamentos feitos pelo empregador no fundo de garantia nos últimos 25 anos, além do saldo do fundo

	Cursor clica em ícone que indica dúvida: serviço online da caixa permite consulta ao saldo e aos lançamentos do FGTS
 (SXC)
Cursor clica em ícone que indica dúvida: serviço online da caixa permite consulta ao saldo e aos lançamentos do FGTS (SXC)
Por Julia WiltgenPublicado em 09/12/2013 11:45 | Última atualização em 09/12/2013 11:45Tempo de Leitura: 3 min de leitura

São Paulo – A consulta do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) online no site da Caixa ganhou uma nova funcionalidade. Agora é possível consultar pela internet o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS na Caixa, ou seja, desde o início dos anos 1990. Antes, só era possível obter pela internet os últimos seis registros.

É aconselhável acompanhar os lançamentos feitos no FGTS pelo seu empregador, pois pode acontecer de o empregador não fazer os depósitos, deixando o trabalhador a ver navios ao se aposentar ou ser demitido sem justa causa, por exemplo. Este tipo de má conduta de alguns empregadores costuma motivar inúmeras ações trabalhistas, e o acesso facilitado ao extrato dos últimos anos pode facilitar os processos.

Para ter acesso à nova opção, quem trabalha com carteira assinada deve se cadastrar no serviço de consulta online ao FGTS da Caixa. Quem entrar na home do site da Caixa, precisa seguir o caminho Você>Serviços Sociais>FGTS. Quem entrar pelo site do FGTS deve clicar na opção disponível logo na home do site.

Na página que se abrir, será preciso informar o número do PIS/PASEP, constante na carteira de trabalho, e criar uma senha, o que pode ser feito na hora, em poucos minutos. Após aceitar o “Termo de Cadastramento”, o usuário terá apenas que informar a senha e o código de segurança para garantir seu acesso.

Dentro do ambiente de consulta ao FGTS, o usuário deve clicar na opção “Extrato Completo”, para ter acesso aos lançamentos dos últimos 25 anos. Ao visualizar o extrato, o usuário consegue também visualizar o saldo do fundo, o que é de grande valia para quem está pensando em comprar um imóvel pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), financiando parte do montante com recursos do FGTS.

Há outras opções disponíveis, como atualização de endereço para receber o extrato do FGTS impresso em casa e cadastramento de e-mail para recebê-lo no endereço eletrônico.

Finalmente, há ainda a opção pelo serviço de mensagens pelo celular, em que o usuário recebe, gratuitamente, informações da conta vinculada ao FGTS por SMS, como o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correção monetária, a liberação de saque e outras movimentações.

São enviadas duas mensagens por mês: uma referente ao recolhimento regular, e outra referente ao crédito de Juros e Atualização Monetária (JAM). A adesão por esse serviço dispensa o extrato mensal em papel.

O ambiente do site da Caixa onde se pode ver as informações sobre o FGTS é o mesmo onde o trabalhador pode verificar informações acerca de um eventual seguro-desemprego que deva receber. Qualquer trabalhador com carteira assinada pode ter acesso a esse ambiente online, mesmo que não seja cliente Caixa. Basta cadastrar a senha.

Agora veja as situações em que você pode sacar o seu FGTS.

Veja Também

Vendas de imóveis crescem 16,2% em maio na cidade de São Paulo, diz Secovi
Mercado imobiliário
Há 3 horas • 3 min de leitura

Vendas de imóveis crescem 16,2% em maio na cidade de São Paulo, diz Secovi

Por que prorrogar medida que impede despejos e ocupações?
Um conteúdo Bússola
Há 18 horas • 4 min de leitura

Por que prorrogar medida que impede despejos e ocupações?

Os melhores e os piores investimentos de junho
Onde Investir
Há 18 horas • 3 min de leitura

Os melhores e os piores investimentos de junho