Leilão de imóveis do governo de SP tem lance inicial de R$ 25 mil

No leilão existe a possibilidade de parcelamento em ate 120 vezes

O governo de São Paulo irá leiloar imóveis em várias cidades do estado. São 10 lotes com terrenos, galpões, lojas e casas. Há imóveis com lance inicial a partir de 25 mil reais e possibilidade de pagamento em 120 parcelas.  Os descontos são, em média de 30%, chegando em alguns imóveis a 40%. 

O leilão ocorrerá no dia 30 de setembro às 11h, de forma presencial e eletrônica, no Palácio dos Bandeirantes ou no site da leiloeira Fidalgo Leilões. Os imóveis estão localizados nas cidades de Aparecida, Araraquara, Barretos, Bragança Paulista, Campinas, Diadema, Ribeirão Preto e Tabapuã. 

Entre os destaques estão os seguintes imóveis: 

  • Imóvel com área de 272.094m² e área construída de 4.060 metros quadrados localizado na Avenida Doutor Plinio Salgado Nº 4.120, no município de Bragança Paulista – SP. Lance inicial de R$ 30.700.000,00, entrada mínimo de 5% e o restante em até 120 parcelas. Imóvel desocupado.
  • Imóvel composto por terreno com área de 37.362,49 metros quadrados, no bairro Vila Industrial ao lado do Centro de Campinas. O bairro possui toda infraestrutura básica necessária, localizado na Rua Pereira Rebouças 185, no município de Campinas – SP. Lance inicial de R$ 25.100.000,00, entrada mínima de 10% e o restante em até 120 parcelas.
  • Imóvel urbano, caracterizado como sala comercial, com área privativa de 25,23 metros quadrados, localizada na  Avenida Sete de Setembro, 1275, loja 11, no município de Araraquara-SP. Desocupado, lance inicial de R$ 30.000,00, entrada mínima de 15% e o restante até 72 parcelas.
  • Imóvel urbano, caracterizado como sala comercial, com área privativa de 34,37 metros quadrados para Avenida Sete de Setembro, 1275, loja 13, no município de Araraquara-SP. Desocupado, lance inicial de R$ 40.000,00, entrada mínima de 15% e o restante até 96 parcelas entre outros.

É possível conferir a lista completa dos itens a serem leiloados, através do Site: www.fidalgoleiloes.com.br. Qualquer pessoa física ou jurídica poderá participar do leilão, estando munido de documentos para modalidade presencial ou devidamente se cadastrar com antecedência no site www.fidalgoleiloes.com.br.

Para toda compra de imóvel , o leiloeiro oficial Douglas José Fidalgo responsável pela realização do leilão,  ressalta  a grande facilidade para aquisição à vista ou de forma parcelada com entrada mínima de 5%,10% e 15% e o restante em até 120 meses Deverá também serem feitas visitas in loco, pesquisas como o valor do imóvel no mercado,  estado de ocupação , prazos, taxas no parcelamento e estado do bem.

 Cuidados ao comprar um imóvel

Apesar dos descontos serem atrativos, antes de comprar um imóvel em um leilão é necessário tomar alguns cuidados. O primeiro é optar por imóveis que estejam desocupados, já que muitas vezes a saída do morador da casa arrematada pode ser discutida na Justiça, mesmo o comprador tendo em mãos uma carta de arrematação que permite solicitar a desocupação. Para ir à Justiça, o comprador do imóvel precisará contratar um advogado e precisar de uma dose de paciência, já que a data de desocupação pode demorar mais do que o esperado. 

Outra dica importante é pesquisar se o imóvel tem outras dívidas, como IPTU e taxas que deixaram de ser pagas pelo antigo morador. Os pagamentos desses débitos serão de responsabilidade do comprador. Vale lembrar que a compra de um imóvel implica arcar com o pagamento de outras despesas, como a taxa de registro em cartório, o imposto sobre a transmissão de bens imóveis (ITBI). 

É fundamental também avaliar a forma de pagamento do imóvel determinada no edital do leilão. Muitos leilões não permitem, por exemplo, a utilização do FGTS no pagamento do imóvel arrematado. Também é necessário pagar ao leiloeiro uma comissão adicional de 5% do valor do lance no ato da arrematação. Por outro lado, muitas vezes é possível obter descontos de até 10% se o pagamento for feito à vista. Em geral, é necessário arcar com um sinal correspondente a 30% do valor do imóvel e o saldo devedor pode ser dividido em diversas parcelas. Alguns leilões permitem o financiamento da dívida, mas é necessário contratar o empréstimo com antecedência.

Por fim, verifique no edital a descrição das condições de venda, o estado de conservação, a forma de pagamento, o preço mínimo, a comissão do leiloeiro, os impostos e o modelo de contrato que será assinado pelas partes.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.