INSS alerta sobre novo golpe por telefone

Segurados não devem confirmar dados por telefone

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) alerta sobre um novo golpe na praça durante à pandemia. Segurados do INSS têm recebido ligações de pessoas que passam por atendentes da central 135 (canal oficial de atendimento) e solicitam dados pessoais ou número do benefício.

A orientação do INSS é que os segurados não confirmem os dados. Vale destacar que o INSS, quando entra em contato, não pede este tipo de informação. “Caso receba uma ligação solicitando dados pessoais e informação do benefício, o cidadão deve encerrar imediatamente a ligação e entrar em contato com a Central do INSS pelo telefone 135.”

Na última semana, o INSS começou a entrar em contato com aqueles que precisam cumprir exigências, por meio de ligações da Central 135 ou SMS, com as orientações sobre como proceder para o envio de documentação. O segurado será informado da pendência no requerimento para poder fazer o envio da documentação pelo Meu INSS (site ou aplicativo).

Abertura das agências

O atendimento presencial nas agências do INSS  voltará no dia 3 de agosto. Na primeira fase de reabertura, o tempo de funcionamento das agências será parcial, com 6 horas contínuas, e o atendimento será exclusivo aos segurados e beneficiários com horário agendado pelos canais remotos (Meu INSS e Central 135). 

Também serão retomados os serviços que não possam ser realizados por meio dos canais de atendimento remoto, como realização de perícias médicas, avaliação social e reabilitação profissional.

Segundo o INSS, a reabertura gradual irá considerar as especificidades de cada uma das 1.525 agências da Previdência Social no país. Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.