Guiabolso se antecipa ao Pix e lança transferência a qualquer hora do dia

A funcionalidade permitirá transferências entre pessoas físicas de bancos diferentes de maneira instantânea, gratuita, 24 horas por dia

O Guiabolso lançou uma nova funcionalidade em seu aplicativo que permite a transferência de dinheiro entre bancos diferentes entre pessoas físicas de forma instantânea. A nova funcionalidade de transferência é a primeira do mercado a permitir transferências entre pessoas físicas de bancos diferentes de maneira instantânea, gratuita e 24 horas por dia e 7 dias por semana. 

O anúncio é uma antecipação ao PIX. Em entrevista à Exame, Gregorio Kelner, head de Transações do GuiaBolso, explicou que a fintech usará o PIX a partir de novembro. “Teremos um modelo híbrido, que permitirá a transferência entre bancos e pessoas físicas. O produto que lançamos agora estava em teste há mais de um ano. Agora será utilizado pela nossa base de 6 milhões de usuários.”   

Com o lançamento do PIX, o Guiabolso se enquadrará  no modelo regulatório do PISP (iniciador de pagamentos), prevista na última fase do Open Banking. “ Não vamos competir com os bancos. Hoje, as contas bancárias, digitais e cartões são fragmentados no mercado. Nós agregamos tudo na nossa plataforma: gestão financeira, marketplace e pagamentos”, explica Thiago Alvarez, fundador e CEO do Guiabolso.

Para fazer a transferência instantânea, o usuário precisa baixar o App Guiabolso, cadastrar um cartão de débito e preencher o valor da transferência e os dados bancários do recebedor. Quem receberá o dinheiro não precisa ser usuário do app. Entre os cartões de débito aceitáveis estão Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Inter, C6 e Sicredi.

A função é válida para os clientes dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Santander Brasil, Banco Inter, C6, Caixa Econômica Federal e Bradesco. Kelner destaca que a transferência é gratuita e o custo das transações será arcado pelo próprio Guiabolso. 

Além da transferência instantânea, o Guiabolso planeja ampliar outras funcionalidades como pagamentos de boleto e compras em lojas físicas e online. “A estrutura permitirá aos nossos usuários dividir um mesmo pagamento entre contas que ele tenha em bancos diferentes, ou até mesmo dividir o pagamento com outras pessoas que tenham contas em bancos diferentes”, finaliza Kelner. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.